Caça F-16 Fighting Falcon da Real Força Aérea Norueguesa.

A Kongsberg Aviation Maintenance Services foi certificada pela Lockheed Martin como centro global de MRO para os caças F-16 Fighting Falcon.

No dia 14 de outubro de 2019, Susan Ouzts, vice-presidente do programa F-16 da Lockheed Martin, certificou a Kongsberg Aviation Maintenance Services (KAMS) como o primeiro centro de manutenção, reparo e revisão global do F-16 Fighting Falcon.

O presidente da Kongsberg Aviation, Atle Wøllo, co-assinou a certificação Falcon Depot, autorizando a Kongsberg a executar o trabalho de manutenção com certificação F-16 de Manutenção, Reparo e Revisão (MRO) da Lockheed Martin como uma franquia da Lockheed Martin no mercado global.

Susan Ouzts afirmou que “a Kongsberg tem décadas de experiência em manutenção de F-16 que podem ser aproveitadas globalmente para apoiar nossos clientes de F-16. A Kongsberg tem uma oportunidade única de executar um trabalho de qualidade Lockheed Martin nos F-16, por meio de equipes de campo globais implantáveis, com engenharia aprovada e peças licenciadas pela Lockheed Martin com valor para o cliente”.

Atle Wøllo expressou que “este é um passo para fortalecer ainda mais a parceria estabelecida e estreita entre nossas duas empresas. Por mais de quarenta anos, juntamos esforços para apoiar os F-16s”.

“Estamos extremamente orgulhosos que a Lockheed Martin reconheça nossa experiência e dedicação aos F-16 ao certificar a Kongsberg como o primeiro centro Falcon Depot. Juntos, garantiremos sucesso e disponibilidade contínuos para os operadores novos e existentes do F-16”.

A Lockheed Martin continua a aumentar sua base de clientes de F-16 e vê novas oportunidades de produção de F-16 totalizando mais de 400 aeronaves. Atualmente, existem aproximadamente 3.000 caças F-16 operacionais em serviço em vinte e cinco países.

Anúncios