O NAVAIR (Naval Air System Command) realizou no dia 22 de janeiro de 2018 um teste operacional de disparo do míssil anti-navio Harpoon Block II+ a partir de um F/A-18F Super Hornet.

A Marinha dos EUA completou um teste de voo operacional usando seu novo míssil anti-navio Harpoon Block II+ na área de teste marítimo de Point Mugu, antes de adicionar a arma à sua frota.

O míssil demonstrou sua capacidade de ser integrado com a mais nova atualização de software do jato de combate F/A-18F Super Hornet durante o teste.

Conhecido como Configuração do Sistema H12E, a atualização e sua instalação exigiram vários anos de planejamento, projeto, engenharia e testes, conduzidos por uma equipe que compreende diferentes entidades em toda a Marinha dos EUA.

“Usar um produto comprovado e expandir sua capacidade garante que a marinha possua uma arma viável que seja letal, flexível e acessível a um custo baixo”, disse o chefe do programa Harpoon, comandante Jon Schiffelbein. “Estamos extremamente orgulhosos de fornecer um melhor precisão ao combatente com uma flexibilidade para ficar à frente das ameaças”.

O míssil Harpoon Block II+ oferece um aprimoramento de capacidade rápida para a Marinha dos EUA, que inclui um novo kit de orientação pelo sistema de posicionamento global (GPS), maior confiabilidade e capacidade de sobrevivência da arma e uma nova interface de ligação de dados que permite a atualização da arma durante o voo.

A atualização de capacidade também envolve seletividade de alvo aprimorada, uma opção ‘abortar’ e melhor resistência a contramedidas eletrônicas.

John Dougherty, capitão do programa de armas de Precisão junto com a Marinha dos EUA, disse: “O Harpoon Block II+ expande um legado de mais de 40 anos de serviço.

Além disso, o míssil é capaz de ser lançado a partir de múltiplas plataformas aéreas e de superfície.

Em 2016, a Marinha dos EUA já havia conduzido uma campanha de testes do Harpoon Block II+. Foi então anunciado que a arma entraria em serviço com a Marinha dos EUA em 2017. Agora a Marinha dos EUA pretende implantar o míssil Harpoon Block II+ no final deste ano fiscal.

Anúncios

3 COMENTÁRIOS

  1. É um belíssimo míssil!! Com Exocet, RBS-15 ou Harpoon, qualquer caça atacante (ou embarcação) certamente estará bem servida.

  2. mesmo atualizado é ainda subsônico. A moda é supersônico e pelo visto o alcance não foi aumentado

    • A moda é furtividade. Qualquer coisa em velocidade supersônica facilita a detecção.

Comments are closed.