O UAS MQ-8C Fire Scout da Northrop Grumman, em uso pela Marinha dos EUA.

A Northrop Grumman recebeu um contrato de modificação de US$ 55 milhões para fornecer cinco sistemas aéreos não tripulados MQ-8C Fire Scout e duas células leves de combustível para a Marinha dos EUA.

De acordo com a empresa, o Fire Scout é um sistema autônomo de helicópteros que realiza Inteligência, Vigilância, Reconhecimento e Aquisição de alvos (ISR&T), designação a laser de alvos e gerenciamento de batalha para usuários táticos sem depender de aeronaves tripuladas ou ativos espaciais. O Fire Scout tem a capacidade de operar a partir de navios e bases terrestres capazes de fornecer apoio aéreo em suporte a requisitos ISR&T persistentes.

O MQ-8C Fire Scout é o helicóptero autônomo da próxima geração da Marinha dos EUA. A fuselagem do MQ-8C Fire Scout é baseada no helicóptero comercial Bell 407, um helicóptero maduro com mais de 1.600 células produzidas e mais de 4,4 milhões de horas de voo. Ele tem a capacidade de decolar e aterrissar autonomamente em qualquer embarcação com capacidade para aviação e em zonas de pouso preparadas e despreparadas. Isso aumenta a capacidade de alcance, resistência e carga útil.

O trabalho deverá ser concluído em agosto de 2021.

Anúncios