Su-30M2 – VKS, Foto - Ilya Nightingale
Ao que tudo indica, o modelo da aeronave pretendido pelo Irã é o Sukhoi Su-30MK2, que é a variante de exportação do Su-30M2 empregado na Rússia pela VKS / Foto: Ilya Nightingale, em caráter ilustrativo

O ministro iraniano da Defesa, general Hossein Dehghan, confirmou nesta quarta-feira (10) os planos de aquisição do caça multifunção russo Sukhoi Su-30 para a Força Aérea Iraniana (IRIAF).

No último mês de novembro o Cavok já tinha antecipado essa informação. Ao que tudo indica, o modelo da aeronave a ser adquirida é o Sukhoi Su-30 da série “MK” (MK2), que é a variante de exportação do Su-30M2 empregado na Rússia pela VKS (Forças Aeroespaciais).

O Su-30MK2 possui alcance de traslado de 3.000 km, raio de ação de 1.296 km e é equipado com radar de pulso doppler Tikhomirov NIIP N001VE, que permite rastrear 10 alvos e engajar 2 simultaneamente, possuindo os seguintes alcances de detecção:

  • Alvos aéreos: 90-110 km
  • Alvos de superfície: 70-80 km
  • Grandes embarcações (um porta-aviões, por exemplo): 200-250 km

Sem ter informado um cronograma para a aquisição das aeronaves, ou um detalhamento quanto ao número de equipamentos envolvidos na negociação, o general Hossein Dehghan afirmou que o seu país está interessado na produção local dos caças. Na ocasião, Dehghan também negou que o Irã manteve negociações com a China a respeito de uma eventual aquisição do J-10.

Su-30M2 - VKS, Foto - Toshi Aoki
Ao que tudo indica, o modelo da aeronave pretendido pelo Irã é o Sukhoi Su-30MK2, que é a variante de exportação do Su-30M2 empregado na Rússia pela VKS / Foto: Toshi Aoki, em caráter ilustrativo

divider 1

FONTE: ReutesHaaretz

EDIÇÃO: Cavok

Anúncios

36 COMENTÁRIOS

  1. Que boa notícia para a aviação , mais uma nação a ostentar essa bela aeronave ( bela mesmo )!

  2. Vcs ficam rindo do Iran pq causa do F-5 com deriva dupla da epoca do embargo…. agora q eles estao soltinhos vao fazer um Su-30 com enflexamento alar variavel!!!!

  3. Irã vai ficar mais poderoso ainda militarmente. Irã bem armado não tem para ninguém no Oriente Médio.

      • Deivid, a AS está tomando ferro dos terroristas no Iêmen, inclusive ja lutando em território saudita. Pouco se fala pois a AS é um regime fechado.

        • Galileu…
          Isso não muda nada , eles continuam tendo forças armadas muito bem equipadas e treinadas , assim também como Israel , talves algum dia os xiitas talves se equiparem e/ou superem ( caso comprem modelos como o SU50 ou J20 (rs…)) , já que a AS não poderá comprar o F-35.

          • Depende, pra mim muda.
            Do que adianta ter o que melhor o dinheiro pode comprar (F15, Typhoon, abrams etc.) se os militares são fracos e pouco treinamento tem.
            Tem video de sauditas deixando abrams pra trás sem um unico buraquinho de tiro, abrams em lugar que nao deve e sem infantaria de apoio ahahah, isso é coisa de amador.

      • Arábia Saudita tem muitos equipamentos modernos, compra muitas armas do ocidente , mas não é um país de guerreiros. Seus militares são covardes e mal preparados. Estão tomando surras dos rebeldes no Iêmen . Não possuem efetivos para manter uma guerra de longa duração. Apelam para contratações de vários mercenários de diversas nações para lutar por eles.

        Israel só sabe usar suas caças para atacar quem não consegue se defender. Além disso, Israel dificulta qualquer aquisição de armamento militar de seus vizinhos, afim de não rivalizar com ele. Irã voltando a se armas com armamentos modernos o jogo muda dramaticamente, pois Irã é um país guerreiro.

        • "Israel só sabe usar seus caças contra quem não consegue se defender" Em que mundo você vive cidadão? onde você leu essa sandice, na Carta Capital ou é o pão com mortadela que tá afetando seu juízo? Pode berrar à vontade mas essa eventual aquisição não tira da Heyl Ha'Avir o título de melhor força aérea do Oriente Médio. E os pilotos israelenses são os melhores do mundo.

          Está em dúvida? Basta lembrar que em 1973, a despeito de ter sido atacado de surpresa e ter tido muitas baixas contra os SAMs os pilotos israelenses lograram abater mais de 200 caças inimigos. E em 1982 foram 85 caças sírios derrubados contra nenhum caça israelense abatido.

          • Tireless, os tempos são outros, deixa historinha de lado.

            Esses papo de pilotos Israelenses são melhores do mundo é propaganda e mentiras repetidas há décadas. Um piloto Israelense não é melhor que um piloto elite da FAB e nem de pilotos Russos.
            Qualquer forças aérea bem preparados possuem bons pilotos. È só pra você ver os estragos e profissionalismo dos pilotos Russos na guerra da Síria.

            • Ué, uma força aérea bem preparada é uma força aérea bem equipada e treinada!

              O Iran vai receber o Su-30MK2, enquanto a AS tem o F-15SA e israel tem o F-15I F-16I e o F-35!

              E não é lenda, é fato! Se eles são os melhores do mundo eu não sei, mas devo lembrar os IAF 200 x USN 0 ?

            • Os pilotos de Israel não são só melhores treinados também tem experiência operacional real maior…

              Israel vive de realidade e não de F5 de 20 estabilizadores verticais, avião invisível de isopor, recauchutagem de Tomcat e F4.

            • Meu caro teimoso, os tempo são outros mas a Heyl Ha'Avir continua a mesma, como bem prova o placar de 200X0 a favor dos israelenses quando a aviação do USMC foi por lá se exercitar…

              No mais negar os feitos da força aérea israelense e de seus pilotos é que é sim, historinha e mentiras, além de burrice. Em sua existência a força aérea já derrubou mais de 400 aeronaves inimigas e possui uma extensa lista de ases conforme a lista abaixo, sendo que na mesma se destacam Giora Epstein (maior ás da era do jato), Amir Nahumi (o maior às do Phantom e do F-16), Moshe Melnik ( o único às pilotando F-15) e Iftach Spector (às do Mirage e do Phantom). Aliás, a imensa maioria dos abates das exitosas carreiras do F-15 e do F-16 foram obtidas a serviço de Israel, e os Phantom a serviço do estado judeu alcançaram a marca de 116,5 vitórias em combates ar-ar, muitas vezes quando estavam carregados de bombas.
              https://en.wikipedia.org/wiki/List_of_Israeli_fly

              Quanto a uma comparação com os pilotos da FAB sinto desmontar sua retórica nacionalista chinfrim mas os pilotos israelenses são melhores senão vejamos:

              – O processo de seleção é mais rigoroso;
              – O treinamento é muito mais intensivo;
              – Os pilotos israelenses voam muito mais;
              – Operam equipamento mais moderno.

              Por fim, quanto aos pilotos russos, quando enfrentaram pilotos israelenses o placar foi de 5×0 para a Heyl Ha'Avir:
              https://en.wikipedia.org/wiki/Operation_Rimon_20

          • TrollbusterBR…..
            Não poderia ter sido mais certeiro , ao fundar tal dizer.Tão certeiro quanto as forças armadas de Israel!

  4. radar de varredura mecanica, nem mesmo um PESA, esses russos são jogo duro mesmo

    • Tem para todos os bolsos…. O Irã podia ter se interessado pelo Su-30SM, mas é mais caro.
      O Su-30MK2 é o mesmo empregado pela Venezuela.

  5. O me deixa chateado nesta história todos já sabem, o Brasil aliado do Irã onde Lula abraçou Ahmadinejad, colocou o Brasil em evidência diplomática junto a Turquia de Erdogan, confrontando França de Sarkosy, Estados Unidos de Obama, e toda sorte de nação ocidental. Este mesmo país não consegue vender uma mandioca aos iranianos que estão comprando de tudo, de Airbus a Sukhois. Viva o Anão diplomático.

    • Não tem gente capacitada, se der um quebra cabeça de 2 peças para a corja do Itamaravilha, não conseguem montar. ahaha
      É pedir muito que um assessor que ganha seus 24 mil por mês dê ideia ao chefe acéfalo de conversar com os Iranianos, é só falar, "parça nós estivemos ao lado de vocês, lembra" ahaha.

      Tem muito vinho para tomar antes da corja dar adeus.

  6. Se eu não me engano, essa é a variante mais simples (e barata) do Su-30, não é mesmo?

  7. O Irã bem que podia ir de Mig 35, pelo que li e mais moderno que esse Su-30MK2, pois possui radar aesa e deve estar na mesma faixa de preço, mas perde em carga e alcance.

    • Sigo o relator.

      Mas nem precisava ser um MiG-35, poderia ser a versão Smt que já dava de boa.

  8. Ai no futuro vai acontecer o seguinte:

    1 – O Irã é pressionado e abandona o programa nuclear
    2 – Ele baixa a guarda e aceita as imposições
    3 – O Irã se arma até os dentes
    4 – Agora que ele está lotado de defesas anti-aéreas volta com o programa militar
    5 – Ninguém quer assumir o risco de uma guerra com armas modernas e desistem de tentar

    The End.

  9. Até agora os EUA não fizeram nenhuma venda para os aiatolás no pós embargo. Seria precaução americana ou o Tio Sam foi deixado de lado? Por enquanto europeus e russos estão levando a melhor.

    • Duvido os americanos venderem armas avançadas para o Irã inimigo da Arábia Saudita e de Israel.

    • Acabou as sanções, mas as hostilidades entre Irã e os EUA não acabaram e não vai acabar em 10 ou 50 anos. Foi mais de 30 anos que o EUA impuseram sofrimentos ao povo Iraniano.
      Não espere os Iranianos comprando armamento dos EUA ou os EUA vendendo equipamentos militares para o Irã. Os fornecedores nessa área será Rússia, China e outros países em que o Irã possui boas relações…

      • Como diria Ronald Reagan "Lá vai você de novo" com essa retórica terceiro-mundista batida, enjoada e desbotada. Meu caro, se alguém impôs sofrimento ao povo iraniano não foram os EUA mas sim o regime dos aiatolás, que combina repressão política, religiosa e de costumes com corrupção e incompetência na área econômica e fascismo e retórica agressiva nas relações internacionais .

        Aliás, esse vitimicismo é muito usado pela corja bolivariana, que por sinal é amigona dos aiatolás.

Comments are closed.