C-2 Greyhound
C-2 Greyhound

O Northrop Grumman C-2 A Greyhound fez seu voo inaugural no dia 18 de novembro de 1964, e entrou em serviço com a U.S. Navy, a marinha norte americana, em 1966. Na quarta-feira passada comemorou 45 anos de bons serviços prestados.

A Northrop Grumman Corporation marcou a data de quarta-feira, dia 18, como o aniversário de 45 anos do voo inaugural do C-2A Greyhound – a primeira e única plataforma da Marinha dos Estados Unidos para deslocamento de tropas, oficiais e material de apoio diretamente a bordo dos porta-aviões (Carrier-on-Board Delivery) da frota norte americana.

“Esse é um significativo marco para empresa Northrop Grumman do programa C-2A Greyhound,” disse Jim Culmo, vice presidente dos programas de Comando e Controle de Gerenciamento de Batalhas e Alerta Aéreo Antecipado, um setor aeroespacial da Northrop Grumman. “Desde que o C-2 voou pela primeira vez em novembro de 1964, e entrou em serviço com a Marinha dos EUA em 1966, a força de porta-aviões dependeu do C-2A Greyhound construído pela Northrop Grumman para prover o suporte crítico logístico necessário para as missões da Marinha estarem sempre preparadas.”

Adicional a isso, os aviões C-2 atuam em missões críticas, sendo a primeira impressão da Marinha, ao transportar diplomatas estrangeiros e chefes de estado que estão apoiando as missões dos Estados Unidos nas políticas estrangeiras, além das fronteiras norte americanas.

C-2A Greyhound da U.S. Navy
C-2A Greyhound da U.S. Navy

Sendo uma aeronave derivada do E-2 Hawkeye, a missão primária do C-2 Greyhound é o transporte de alta prioridade de carga, peças de manutenção de aeronaves, correio e passageiros que estão sendo deslocados para os porta-aviões em atividade da Marinha dos Estados Unidos. As duas aeronaves tem em comum as asas e a empenagem, mas o C-2 possui uma fuselagem mais larga, com uma rampa de acesso traseira que facilita a carga e descarga de mercadorias. Juntas, estas duas aeronaves proveem segurança e sustentabilidade para as forças márítimas da U.S. Navy destacadas nas mais variadas localidades.

C-2A Greyhound da U.S. Navy
C-2A Greyhound da U.S. Navy

O C-2A entrega mais de 4.500 quilos de carga numa distância que excede as 1.000 milhas náuticas (1.800 km) sem reabastecer. Essa capacidade e alcance permite ao grupo de porta-aviões aumentar a área das manobras e permite uma maior flexibilidade nos teatros de operações. Com uma configuração interior adaptável e flexível para acomodar carga, passageiros ou ambos, o Greyhound pode operar com segurança e eficiência durante o seu lançamento do porta-aviões e nos pousos.

As aeronaves C-2 possuem asas dobráveis que permiter minimizar o espaço usado nos decks dos porta-aviões, muitas vezes ocupados por muitas aeronaves, e possui uma APU (Unidade de Força Auxiliar) que permite acionar os motores e operar os sistemas elétricos sem a necessidade de assistência externa.

Essas capacidade oferecem uma capacidade não encontrada em nenhuma outra aeronave de carga, e garantem ajuda aos porta-aviões com peças, suprimentos e pessoal necessário exatamente quando os porta-aviões mais precisam.

Durante um destacamento típico de seis meses, as duas aeronaves C-2 destacadas em um porta-aviões podem transportar mais de 450 toneladas de carga, 5.000 passageiros e acumular aproximadamente 1.000 horas de voo.

Fonte: Northrop Grumman

Anúncios