A maior aeronave já fabricada pela Embraer, o KC-390.

Durante encontro do Presidente Jair Bolsonaro, o Presidente Ucraniano, Volodymyr Zelensky, disse que quer adquirir aviões Super Tucano, usados em missões de ataque, e avalia a aquisição da aeronave de transporte multimissão KC-390, ambas fabricadas pela Embraer.

O encontro bilateral, o primeiro de Bolsonaro em Tóquio, foi relatado pelo ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araujo, ao jornal Valor Econômico.

“O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelenskiy, disse ao presidente Jair Bolsonaro que seu país tem interesse em comprar aviões Super Tucano, usados em missões de ataque, e examina a possibilidade de adquirir o KC-390, maior cargueiro militar fabricado no Brasil”, disse Ernesto Araújo. O encontrou durou cerca de 30 minutos.

Aeronaves de ataque A-29 Super Tucano.

No dia 24 de julho deste ano, durante visita ao Brasil, o Comandante da Força Aérea da Ucrânia, Coronel General Drozdov, visitou a Ala 5 em Campo Grande, onde pode voar e testar o A-29 Super Tucano. Um piloto de testes ucraniano também voou na aeronave.

Segundo o chanceler, o presidente ucraniano ainda manifestou admiração por Bolsonaro pelas reformas e combate à corrupção.

A primeira venda internacional do KC-390 foi confirmada em agosto, quando o governo de Portugal e a Embraer assinaram um contrato para aquisição para cinco aviões.

Anúncios

10 COMENTÁRIOS

  1. Muito curioso este interesse pelo KC-390 já que recém lançaram o AN-178 que é seu concorrente direto apesar de algumas diferenças como 5T a mais de carga para o KC e 10 soldados ou 6 paraquedistas a mais para o An.

  2. Não vai ocorrer venda do KC390 para Ucrânia porque os ucranianos tem a Antonov. Provavelmente foi apenas um cortesia diplomática e não um interesse real. Ou talvez uma tentativa de barganhar a compra dos ST, estes sim podem ser adquiridos pelos ucranianos.