O Wing Commander Billy Cooper, líder do esquadrão nº 6 da RAF que foi deslocado para Omã onde serão preparados para uma missão de 2018. (Foto: RAF)

Oito aeronaves de combate Eurofighter Typhoon da Real Força Aérea Britânica (RAF) do Esquadrão nº 6, com sede na Base da RAF de Lossiemouth, na Escócia, iniciaram um exercício com duas semanas de duração em Omã, visando melhorar as habilidades antes de se destinar a Chipre em 2018 para apoiar a coalizão contra a Daesh.

O Esquadrão nº 6 apoiado por um destacamento de cerca de 250 funcionários da RAF iniciou um programa intensivo de treinamento de duas semanas nos desertos de Omã para aprimorar habilidades e capacidades que não podem ser praticadas no Reino Unido.

O Oficial em Comando do Esquadrão nº6, o Wing Commander Billy Cooper, disse: “O que é diferente para nós em Omã é que podemos ter certeza de um clima confiável que significa que podemos voar doze surtidas todos os dias em condições representativas das operações. A disponibilidade de espaço aéreo é boa e as áreas são adequadas para nossos perfis de saída. Nós podemos praticar nossos ataques e aperfeiçoar nosso bombardeio de precisão atingindo alvos definidos no solo”.

Ele acrescentou: “O apoio da Real Força Aérea de Omã na base de Thumrait é fantástico, as instalações aqui são excelentes e eles são incrivelmente acolhedores. É fundamental que tenhamos a oportunidade de trabalhar em estreita colaboração com os nossos parceiros no Oriente Médio e que o exercício “Magic Carpet” de Omã seja perfeito para isso”.

O “Magic Carpet” foi realizado há muitos anos, envolvendo aeronaves e muitas das operações de apoio especializado que sustentam a capacidade expedicionária da RAF.

Anúncios