mc-21_irkut
Concepção artística do MC-21 / © United Aircraft Corporation

A gigante estatal russa United Aircraft Corporation (UAC) anunciou que a apresentação pública da nova aeronave comercial do grupo, o MC-21, será realizada na próxima quarta-feira, dia 8 de junho.

O MC-21 é uma aeronave comercial a jato, bimotor, de fuselagem estreita (narrow-body) e corredor único, sendo desenvolvida pela Irkut Corporation e Yakovlev Design Bureau, ambas pertencentes à UAC, com capacidade para 130 a 211 passageiros, nas variantes MC-21-200 e MC-21-300, dependendo da configuração adotada.

Infográfico / © United Aircraft Corporation
Infográfico / © United Aircraft Corporation

A linha de montagem do MC-21 fica localizada na Fábrica de Aviões em Irkutsk, no mesmo local onde é produzido o caça multifunção Sukhoi Su-30SM.

Atualmente, dois protótipos estão sendo construídos, o primeiro dos quais praticamente finalizado. Ambos serão empregados no programa testes e certificação da aeronave, cujo voo inaugural está previso para ocorrer até o início de 2017.

No último dia 25 de agosto, durante a MAKS 2015, a Pratt & Whitney anunciou a entrega do primeiro motor PurePower® PW1400G-JM para a Irkut. O MC-21 irá competir no mesmo segmento que o Airbus A320 e Boeing 737, e suas variantes. O projeto tem sido executado com bastante otimismo e, segundo analistas, pode consolidar a Rússia como player global no mercado de aeronaves comerciais.

Opcionalmente, o MC-21 também será propulsado pelo motor russo ‘Aviadvigatel PD-14’, em desenvolvimento.

Também está previso o desenvolvimento da variante MC-21-400, com capacidade para até 240 passageiros.

divider 1FONTE: UAC, com informações de Olia Dubovitsky, direto de Moscou, na Rússia

EDIÇÃO: Cavok

 

Anúncios

15 COMENTÁRIOS

  1. Que luxo, bela aeronave. Quando eu li rapidamente o título da matéria achei que era a nova apresentação do novo MIG-21, levei um susto. Acho que estou ficando caduco.

  2. De todas as linhas de montagem russas que já vi por meio de fotos e vídeos, essa é a mais modernosa…

    Enfim, espero que seja uma aeronave competitiva, seria excelente para o mercado.

    • Moderna e bem organizada (sinalizada), reflexo provável de visões mais novas, reflexo da idade da empresa e do modo como foi concebida, em parceria publico privada.

  3. As fotos mostram um interior muito bem feito e caprichado, produto de altissima tecnologia.
    Eu acho dificil competir com Airbus e Boeing, mas acho e torço para que esta aeronave consiga seu nicho de mercado, que será na sua maior parte, dentro das ex republicas sovieticas.

  4. Desculpem a minha ignorância, mas percebi na cabine que cada acento dos pilotos nas laterais possuem joysticks que imagino eu ser destinado ao controle da aeronave. Como fica para quem é destro?? Sei que atualmente essas aeronaves modernas a interação humana é bem baixa, mas sempre existe e se o piloto for destro não terá um certo desconforto mesmo treinando por horas e horas??

    • Cabe ao piloto se adaptar.
      Quando eu fui desligado em voo na AFA, voava o T-23 depois voei Cessna 172 em um aeroclube.
      Na AFA no Zarapa T-23 usava a mão esquerda na manete e a mão direita no manche.
      No aeroclube com o Cessna era o contrário, tive que me adaptar.

  5. Achei bem curioso esse turbofan Aviadvigatel que será opcional nele.o Fan é bem menor que os modernos motores que temos visto por aí, especialmente agora com a nova série E-Jet da Embraer. ele até parece aqueles turbojatos antigos dos 707, 737-200 e por aí vai.
    Curioso pra saber a solução adotada pelos engenheiros russos. não sei nada quanto ao rendimento e eficiencia, mas acredito que um motor projetado pós 2010, a eficiencia seria um dos principais pre requisitos.

  6. Eles tão caprichando agora, sem bem que o Tu-154 ja era absurdamente lindo tb!

  7. Capacidade técnica a Rússia sempre teve. Quem sabe seja esse o produto a quebrar o paradigma da desconfiança e colocar os aviões comerciais russos no mesmo patamar dos Boeings e Airbus.

Comments are closed.