Sukhoi Su-57 Felon.

A Rússia estaria desenvolvendo um míssil hipersônico ar-solo para seu avião de caça Sukhoi Su-57, de acordo com fontes da indústria de defesa russa.

O novo sistema de armas poderá ser instalado dentro do compartimento interno de armas do Su-57.

“As empresas do complexo industrial militar russo criaram um protótipo de um míssil hipersônico ar-superfície de tamanho pequeno para implantação [interna] no caça Su-57”, disse uma fonte citada pela agência de notícias TASS no dia 23 de fevereiro.

Em dezembro de 2018, uma fonte da indústria de defesa revelou que o Su-57 pode estar armado com um míssil ar-superfície hipersônico com “características” semelhantes às do míssil balístico lançado por via aérea Kh-47M2 Kinzhal.

A fonte não forneceu detalhes adicionais sobre o míssil. No entanto, dado o grande tamanho do Kinzhal, o novo míssil hipersônico provavelmente será menor, uma vez que se encaixa dentro do compartimento interno de armas do Su-57.

MiG-31BM durante testes com o míssil hipersônico Kinzhal.

Pensa-se que o Kinzhal com capacidade nuclear seja uma variante do míssil balístico de curto alcance Iskander-M lançado no solo. O Iskander tem um alcance estimado de 500 quilômetros e é capaz de atingir velocidades máximas de até Mach 5,9 em sua fase terminal de voo.

Atualmente, o Kh-47M2 está sendo integrado ao avião interceptador MiG-31K, um MIG-31BM modificado.

Também há especulações de que o Su-57 receberá um novo míssil hipersônico ar-ar, uma variante atualizada do míssil R-37 (K-37/RVV-BD), capaz de atingir uma velocidade máxima de Mach 6 e um alcance operacional estimado de mais de 300 quilômetros, segundo fontes da indústria de defesa russa.

Imagem de um Su-57 liberando um míssil cruzeiro.

A Força Aérea Russa deverá receber o primeiro lote de aviões de caça Sukhoi Su-57 produzidos em série este ano.

A Força Aérea Russa está atualmente testando 10 protótipos Su-57, quatro dos quais supostamente voaram em missões de combate na Síria, enquanto usa três estruturas aéreas para testes em solo.


Com informações do site The Diplomat

Anúncios

2 COMENTÁRIOS

  1. O K-37M ( R-37M) modernização do R-37 que hoje tem como portador o MiG-31; segundo algumas fontes teria terminado o programa de testes em 2016/17. Mas é incerto se este míssil irá internamente, além do Su-57 os Su-35 também poderá leva lo.
    Já este ar-Sup, acho difícil ser um Kinzhal "diminuído", deva ser uma versão modernizada do X-31 ou X-38, o primeiro na sua forma original já supera os Mach-3.1, devam ter atualizado ele, aumentando a velocidade..