Head Up Display equipado com o EFVS da Vu Systems.

A Saab e a Vu Systems estão lançando uma solução avançada de visão em voo EFVS (Next Generation Enhanced Flight Vision System) usando a nova tecnologia de ondas passivas de milímetros (PMMW), permitindo que os pilotos vejam e pousem em condições de baixa visibilidade o tempo todo.

O EFVS é o primeiro sistema a fornecer acesso a aeroportos em todos os tempos, sem a necessidade de infraestrutura CATII / III convencional. Além disso, permite a decolagem e aterrissagem em condições climáticas adversas, incluindo ambientes de visibilidade zero.

Através de uma parceria estratégica com a Vu Systems, que desenvolveu o primeiro sensor PMMW disponível no mercado, o Vu Cube, o Saab Vu EFVS excede os novos objetivos de desempenho regulatório.

Ele inclui um novo sensor sofisticado e software PMMW que otimiza as imagens do sensor com visão infravermelha e sintética, projetadas no novo Saab Head-Up Display (HUD). Ele permite que os pilotos aterrissem com segurança, independentemente de névoa espessa, neve, chuva, poluição atmosférica, poeira, fumaça e nuvens.

“O novo sistema oferece vantagens operacionais e de segurança incomparáveis. Ser capaz de decolar e pousar em ambientes de baixa a zero visibilidade reduz radicalmente os custos, aumenta a segurança e o impacto ambiental”, diz Jan Widerström, chefe da unidade de negócios Avionics Systems, na área de negócios da Saab IPS.

Todos os anos, a aviação comercial em todo o mundo sofre perdas financeiras maciças como resultado de atrasos e cancelamentos devido ao clima de baixa visibilidade.

Para fornecer uma solução para o impacto do clima nas operações de voo nos EUA, os novos regulamentos da FAA (14 CFR 91.176) agora permitem pouso sem visão natural. Os novos regulamentos são baseados no desempenho, o que significa que o desempenho do sensor EFVS é crítico para o valor operacional. O desempenho dos atuais sensores EFVS é limitado pela atenuação atmosférica na faixa de infravermelho.

A solução Saab Vu EFVS não é afetada pelo clima, permitindo que os pilotos obtenham operações visuais equivalentes (EVO) e vejam pistas a distâncias de duas milhas ou mais em condições de visibilidade zero.

“Esse acordo estratégico com a Saab significa que podemos fornecer essa tecnologia revolucionária por meio de uma cadeia de suprimentos qualificada para clientes comerciais maiores, beneficiando o setor de aviação globalmente, permitindo que eles decolem e aterrissem quando seus concorrentes não puderem”, diz Stedman Stevens, CEO da Vu Systems.

Anúncios