Saab

Inicio Tags Air show

Tag: air show

IMAGEM DA SEMANA: Gene Soucy e seu “Showcat”

0
Gene Soucy e seu Grumman Showcat. (Foto: Fernando Valduga / Cavok)

A imagem dessa semana é de Gene Soucy e seu Grumman “Showcat” (um avião Ag Cat especialmente preparado para apresentações aéreas). Essa foi foi uma das 12 imagens escolhidas pela publicação Flight International para o seu Calendário 2010 – Aviation in Action, ocupando a posição do mês de setembro.

Gene Soucy é um dos mais respeitados pilotos acrobáticos dos Estados Unidos, sendo apelidado de “Mr. Airshow”. Ele solou um planador pela primeira vez ao 14 anos e uma aeronave normal aos 16 anos de idade. Desde 1968 vem se apresentando em shows aéreos, tendo integrado pela primeira vez a equipe de acrobacia aérea do Estados Unidos em 1972. Nas apresentações, além de fazer voos acrobáticos com seu Grumman Showcat, também se apresenta com sua parceira e namorada Teresa Stokes, nas manobras de Wingwalking, onde Teresa se apresenta sobre as asas do biplano.

A aeronave “Showcat” é o primeiro biplano da Grumman a ser usado para demonstrações aérea desde 1930, quando o então piloto Al Williams voava o famoso “Gulfhawk”. A aeronave de Gene Soucy é também a primeira aeronave agrícola a ser usada no meio dos shows aéreos. Gene criou três modalidades com sua aeronave: uma demosntração solo, com muito barulho e fumaça; uma demonstração de wingwalking; e um show pirotécnico noturno, o “Fireflight”.

As aeronaves Ag Cat foram inicialmente desenvolvidas em 1958 e mais de 1800 Cats foram utilzados pelo mundo todo. A aeronave carrega a tradição das aeronaves Grumman de durabilidade e de recordes de segurança nas operações agrícolas.

A foto escolhida dessa semana foi feita durante o EAA AirVenture 2008, realizado em Oshkosh, Wisconsin, onde Gene anualmente participa dos shows aéreos realizados nas tardes quentes do verão norte americano.

Para saber mais sobre Gene Soucy e seu “Showcat”, visite o site oficial: genesoucy.com

Anúncios

VÍDEO: Franklin Airshow Piper Comedy

0
Kyle Franklin e seu Piper Cub, durante o EAA AirVenture 2007. (Foto: Fernando Valduga / Cavok)

Um das apresentações mais divertidas que ocorre todo ano em diversos shows aéreos pelos EUA é a do piloto Kyle Franklin e a demonstração “Wing-tip Draggin Comedy Act”, onde o piloto Kyle finge roubar a aeronave Piper Cub e como se fosse um piloto bêbado sai voando com a aeronave simulando estar fora de controle. Veja o vídeo a seguir.

O Piper Cub chega a raspar a ponta da asa durante a apresentação. (Foto: Fernando Valduga / Cavok)

Em alguns momentos a aeronave raspa a ponta da asa no chão e também chega a tocar no solo quase que picando a aeronave. A aeronave Cub possui reforços na estrutura da asa, além de proteções na pontas da asa para os momentos que raspa na pista.

Para saber mais sobre a apresentação de Kyle Franklin, visite o site oficial: www.franklinairshow.com

IMAGENS: Show Acrobático de Al Ain, nos Emirados Árabes Unidos, terá a presença de caças lendários e de aeronaves modernas

0
Lockheed F-16E Block 60 "Desert Falcon", dos Emirados Árabes Unidos. (Foto: Robert M. Rossman / Airliners.net)

O Show Acrobático de Al Ain 2010, que será realizado entre os dias 27 e 30 de janeiro, no Aeroporto Internacional de Al Ain, próximo a cidade de Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, terá a presença de algumas aeronaves lendárias e outras totalmente novas. O show é um encontro de vários esquadrões e aeronaves de acrobacia, além de contar com a apresentação de modernos jatos e helicópteros dos Emirados Árabes Unidos.

Caças Lockheed F-16C da Força Aérea Real do Barein. (Foto: Eric Stijger)

Juntamente com a nova equipe de demonstração aérea acrobática da Força Aérea & Defesa Aérea dos Emirados Árabes Unidos, a equipe ‘Al Fursan’ (veja matéria aqui no Cavok), a Força Aérea Real do Barein (RBAF) fará sua primeira aparição internacional de dois caças F-16C que se apresentarão diariamente.

Hawker Hunter F58 'Miss Demeanour' (Foto: Ben Montgomery)

Do Reino Unido a presença será das antigas, com o piloto Jonathan Whaley e seu Hunter F58 ‘Miss Demeanour’, que também fara sua primeira apresentação no Oriente Médio juntamente com a equipe de demonstração aérea a jato do Reino Unido, ‘The Vipers, voando aeronaves retiradas do serviço militar Strikemasters.

Quatro aeronaves BAe Strikemasters da esquadrilha 'The Vipers'

“Os caças Hawker Hunter padrão foram operados por muitos países na Região do Golfo”, disse Whaley, um veterano piloto que começou a voar em 1965.

BAe Hawks do Esquadrão Saudi Hawks, da Arábia Saudita

A Equipe Acrobática da Força Aérea Real Saudita – melhor conhecida como Saudi Hawks – fará uma nova apresentação durante os céus da cidade de Abu Dhabi, durante o Show Acrobático de Al Ain.

Dassault Mirage 2000-9 dos Emirados Árabes Unidos

A Força Aérea dos Emirados Árabes Unidos trará para o show aéreo os modernos caças F-16E/F Block 60 “Desert Falcon”, os caças Dassault Mirage 2000-9 e os helicóptero de combate Apache e de transporte Chinook.

Para saber mais sobre o evento anual realizado em Abu Dhabi, visite: Al Ain Aerobatic Show 2010.

Começou hoje o Bahrain Air Show, com a presença do Rafale e do Super Hornet

0
O Dassault Rafale, uma das atrações do Bahrain Air Show

Começou hoje, dia 21, e vai até o dia 23, na Base Aérea de Sakhir, no Barein,  a edição 2010 do Bahrain Air Show, em parceria com a Farnborough International. A feira aérea do Barein ocorre num local adjacente ao circuito de Fórmula 1, sendo o lugar uma propriedade do Rei do Barein, HE Hamad bin Isa Al Khalifa.

O caça Boeing F/A-18F Super Hornet também se apresenta durante o Bahrain Air Show 2010.

Com uma pista de pouso de mais de 3.000 metros de extensão, o evento reunirá aeronaves civis e militares, além de algumas das mais recentes tecnologias aeronáuticas numa área de chalés, dando ao evento uma aparência de feira de negócios cinco estrelas. Não haverão stands em área fechada. As empresas participantes terão a disposição chalés privativos onde os convidados das empresas poderão acompanhar os voos de demonstração das aeronaves participantes durante os três dias do evento.

Dentre as aeronaves presentes estão o caça norte americano F/A-18F Super Hornet, o francês Rafale, caças russos Sukhoi Su-27 Flanker, e as equipes de demonstração aérea da Arábia Saudita (Hawks), Jordânia (Extra 300) e a Patruille de France com seus Alpha Jets. A Força Aérea do Barein estará demonstrando em voo os caças F-16 Falcon. Um mockup em escala natural do Eurofighter estará em exposição estática durante o evento, além de várias outras aeronaves civis e militares, como Boeing 747-400, Airbus A330 e A320, C-17 Globemaster III, Il-76, jatos executivos e aeronaves civis.

O Barein teve um passado importante no desenvolvimento da aviação no Oriente Médio, pois foi onde ocorreu o primeiro voo após a Primeira Guerra Mundial na região, serviu de base para o primeiro serviço comercial aéreo para Índia, pela Imperial Airways em 1932 e por último foi um dos primeiros destinos dos voos do Concorde no início da operação do supersônico.

Maiores informações sobre o evento: Bahrain International Air Show.

Caças F-111 da Força Aérea da Austrália ensaiam para demonstração aérea

6
Manobra Dump-and-Burn de uma aeronave F-111 da Força Aérea Real da Austrália (RAAF)

Antes de desaparecerem dos céus de Ipswich por uma boa razão no final do ano passado, os F-111 da Força Aérea Real da Austrália (RAAF), da Base Aérea de Amberley acenderão novamente as labaredas no céu com alguns truques. O Líder do Esquadrão Phil Parsons e o Tenente Leon Izatt estão praticando novas manobras aéreas próximo a Amberley como preparação para o Singapore Air Show no final de janeiro. Será uma das últimas apresentações da manobra conhecida como dump-and-burn (alija e queima).

Líder do Esquadrão Phillip Parsons (E) e o Tenente Leon Izatt irão iluminar os céus sobre Ipswich com seus F-111 como preparação para o Singapore Air Show. (Foto: Sarah Keayes)

O Líder do Esquadrão Parsons disse que os dois estão treinando suas manobras quase que diariamente. “As pessoas podem pensar que somente vamos para as demonstrações nos finais de semana ou feriados, mas isso é o resultado de muito trabalho, e muita preparação para que tudo ocorra suavemente,” ele disse. “Nessas demonstrações nossas aeronaves consomem quase meio tanque de combustível em apenas 12 minutos, quando normalmente essa quantidade de combustível dura uma hora e meia.”

Os caças F-111 estão prontos para serem retirados de serviço na Força Aérea em dezembro, com os primeiros F/A-18F Super Hornet substitutos entrando em serviço nos próximos meses.

F-111 da RAAF durante apresentação Dump-and-Burn

Parsons disse que essa semana de treinamento poderá ser a última chance dos moradores da região de Ipswich de verem os jatos em ação com a manobra Dump-and-Burn, onde o caça alija o combustível, que em contato com o calor do pós-combustor, cria uma labareda na cauda do caça, como vocês podem conferir nas imagens.

“Haverá uma festa de despedida para os caças F-111 no final do ano, mas até agora não sei se será um cerimonial ou outra coisa,” Parsons informa. “Será triste quando vermos eles sairem de serviço, mas ao mesmo tempo, nós precisamos olhar para o futuro que são os caças Super Hornets.”

Caça F-111 decola para mais uma sessão de treinamento.

O Tenente Izatt disse que após participar de várias demonstrações com os F-111 nos últimos 12 meses, ele vê que o treinamento será para se despedir do caça com estilo.

Os dois pilotos ensaiam a rotina da apresentação sobre a Base da RAAF de Amberley, em duas sessões diárias de não mais de 30 minutos cada. Os treinos vão até o dia 25 de janeiro.

Fonte: The Queensland Times – Tradução e Adaptação do texto: Cavok

Cinco réplicas de caças da Primeira Guerra Mundial estarão presentes no AirVenture 2010, em Oshkosh

0
Fokker Dr.1 (Foto: Ryan Lunde)

Réplicas de caças da Primeira Guerra Mundial estarão nos céus de Oshkosh, Wisconsin, durante o EAA AirVenture 2010, quando o Vintage Aero Flying Museum (VAFM) em Hudson, Colorado, trouxer cinco de suas magníficas aeronaves para o maior show aéreo do mundo.

Fokker D.VII (Foto: Ryan Lunde)

O Vintage Aero Flying Museum é o lar de uma das maiores coleções de artigos de aviação e aeronaves da Primeira Guerra Mundial. O museu também mantém e voa três aeronaves em escala natural incluindo um triplano Fokker Dr.1, um Fokker D.VII, e um Fokker D.VIII, além de duas réplicas em 7/8 de escala de aeornaves Royal Aircraft Factory SE5a. Os planos são para levar todas essas aeronaves para Oshkosh no próximo mês de julho.

Fokker D.VIII (Foto: Ryan Lunde)

Juntamente com os aeroplanos o museu deverá levar vários artefatos da Primeira Guerra Mundial para deixar em exposição, para oferecer aos visitantes do AirVenture uma rara oportunidade de conhecer um importante período do início da história da aviação. O VAFM é o lar oficial da Lafayette Escadrille, um esquadrão de caça do Serviço Aéreo Francês durante a Primeira Guerra Mundial, composto de um grande número de pilotos voluntários norte americanos. O museu obteve e guarda artefatos dos membros dessa conhecida unidade, a qual foi apresentada em 2006 num filme de aventura chamado “Flyboys”.

Royal Aircraft Factory SE5a (Foto: Ryan Lunde)

A exposição, será localizada próximo a AeroShell Square, e incluirá a mostra de uniformes, decorações, diários de bordo e outros artigos pessoais de alguns dos mais renomados ases da Primeira Grande Guerra.

Juntamente com as réplicas em escala cheia dos caças Fokker – todos os quais construídos usando plantas originais da Fokker – o VAFM também possui um número de escalas cheias de caças aliados da Primeira Guerra Mundial que estão nos projetos e logo estarão voando. O VAFM também possui uma coleção crescente de artefatos da Segunda Guerra Mundial e um avião de treinamento Vultee BT-13 da época que está em condições de voo.

O Vintage Aero Flying Museum está localizado no Platte Valley Airpark, norte da cidade de Denver. Para maiores informações, visite www.vafm.org.

O AirVenture 2010, ocorre entre os dias 26 de julho e 1º de agosto de 2010, na cidade de Oshkosh, Wisconsin. Para saber mais, visite: AirVenture.org.

Fonte: EAA – Tradução e Adaptação do Texto: Cavok

VÍDEO: Decolagem de alta performance de um A319 da Eurowings

0

Impressionate a decolagem desse A319 da Eurowings, durante um show aéreo na cidade de Friedrichshafen (FDH / EDNY), na Alemanha. O vídeo foi feito por Christian Haupt no dia 26 de abril de 1997. Atualmente a Eurowings opera somente aeronaves Bombardier CRJ e BAe 146.

ATUALIZADO: Um Lightining civil explode ao bater no solo, na África do Sul

0
English Electric Lightining, da Thunder City
English Electric Lightining, da Thunder City

Um piloto morreu quando seu caça particular, um English Electric Lightining, prefixo ZU-BEX, caiu logo após a decolagem para o show aéreo bi-anual  Overberg Air Show, em Bredasdorp, no sábado, dia 14.

O caça histórico de Dave Stock, um jato inglês Lightining, aparentemente teve um problema mecânico. Antes da queda o piloto ainda informou a torre de controle que estava com problema no assento ejetor, que depois de três tentativas não funcionou.

Helicópteros Orix da força aérea decolaram imerdiatamente para ajudar após a queda, mas não havia condições de salvar o piloto.

Fumaça após a queda do caça (Foto: Carmen Lorraine)
Fumaça após a queda do caça (Foto: Carmen Lorraine)

“Ele estava saindo para demonstração quando ele teve um problema mecânico,” disse Mike Head, proprietário da Thunder City. “O piloto morreu no acidente, mas ninguém no solo ficou ferido,” adicionou.

O site da Thunder City disse que o caça a jato é capaz de atingir Mach 2,2, e informa que a Thunder City opera as duas últimas aeronaves em serviço do caça bimotor biplace Lightning no mundo. O jato fazia parte da frota pertencente a Thunder City, localizada na Cidade do Cabo, que oferece voos em ex-jatos militares para civis.

O piloto David Stock, que era o piloto de testes do primeiro caça de treinamento Hawk fabricado no local, possuia um recorde, juntamente com Sir Richard Branson como co-piloto, ao ter o recorde de velocidade no modelo do jato em que caiu. No show, em 2007, na base da Força Aérea de Bredas-dorp, foi premiado como melhor show aéreo do país, pelo Aeroclub SA.

O primeiro Lightning voou em 1957, e a Royal Air Force do Reino Unido retirou de serviço o caça em 1988.

Fonte: News24 South Africa

Os Thunderbirds finalizam o circuito 2009 pelo Oriente

0
Esquadrão Thunderbirds, da USAF
Esquadrão Thunderbirds, da USAF

O Esquadrão de Demonstração Aérea da U.S. Air Force, os Thunderbirds, deixaram seu lar na Nellis Air Force Base, Las Vegas, 7 semanas atrás para uma jornada que cobriu a distância de meia volta ao mundo. Normalmente os Thunderbirds viajam entre março e novembro dentro do continente norte americano. Entanto, este ano, o circuito 2009 pelo Oriente levou a equipe para vários locais na região do Pacífico. Durante o circuito, o esquadrão voou mais de 22.000 milhas.

Com o final da viagem voando sobre o público de Seul, Coréia do Sul, os Thunderbirds deram adeus aos fãs nessa última etapa. Foi um momento especial pois terminava um circuito longo, mas satisfatório pois deixaram marcas em todos lugares por onde passaram.

“Eu espero aumentar a relação profissional com os Thunderbirds no futuro. A vinda deles para Coréia do Sul simboliza essa relação, e eu confidencio que as duas forças aéreas vão aumentar essa cooperação no futuro,” disse o Tenente Coronel Lee Chul-Hee, Comandante do Esquadrão Black Eagle da Força Aérea da República da Coréia do Sul. O time acrobático dos Black Eagles é o esquadrão oficial da Força Aérea da Coréia do Sul (ROKAF), que havia sido terminado em 2007, após o Seul Air Show, mas formado novamente com a chegada das novas aeronaves T-50 Golden Eagle.

“Pessoalmente estou honrado de ter os Thunderbirds aqui. Os Black Eagles renasceram esse ano com os T-50, e foi uma honra pessoal juntar os dois esquadrões aqui na Base Aérea de Seul nessa maravilhosa ocasião,” disse o Colonel Chul-Hee.

Esse tipo de retorno foi exatamente o que os Thunderbirds esperavam receber – tanto na Coréia do Sul, como no Havaí, Ilha da Guam, Austrália, Malásia, Tailândia e Japão. O Comandante/Líder dos Thunderbirds, Tenente Coronel  Greg Thomas, disse que o time fez esse circuito para representar a América e para construir laços mais fortes com seus aliados.

“A melhor coisa desse trabalho é poder ver o imediato impacto que nós causamos,” disse o Colonel Thomas. “Nós vimos isso várias vezes nos Estados Unidos, mas ver isso do outro lado do mundo é uma fenomenal oportunidade.”

O Major Brian Henderson foi o oficial que cuidou de todo translado para os Thunderbirds nesse circuito. Ele disse que as reações dos públicos nas apresentações eram altamente energéticas, especialmente quando os pilotos davam autógrafos no final das apresentações.

Agora o esquadrão se apresenta mais uma vez no show aéreo “Wing’s Over Homestead” que ocorre nesse final de semana, dias 7-8 de novembro, na base da Reserva da Força Aérea em Homestead, na Flórida. A última apresentação da equipe esse ano será nos dias 14 e 15 de novembro, na casa do esquadrão, em Nellis, Nevada.

Para maiores informações sobre os Thunderbirds, visite o site: www.airforce.com/thunderbirds

Cavok nas redes sociais

62,406FãsCurtir
340Inscritos+1
6,414SeguidoresSeguir
2,505SeguidoresSeguir
10,510SeguidoresSeguir
2,780InscritosInscrever
Anúncios