Saab

Inicio Tags Executiva

Tag: executiva

Global Express XRS chega ao México pela primeira vez e atinge recorde de velocidade

0
Global Express XRS
Global Express XRS

O primeiro jato executivo Global Express XRS que será operado no México, e será operado pela Aerotresalia, chegou no final de outubro ao Aeroporto Internacional de Toluca e atingiu mais um recorde de velocidade durante um voo entre o México e a França.

A Bombardier Aerospace confirmou no início de dezembro que o jato Global Express XRS atingiu um novo recorde de velocidade no dia 26 de outubro de 2009, voando a distância de 4.994 milhas náuticas (9.249 km) sem escalas entre a Cidade do México e Paris em apenas dez horas. O voo foi oficialmente sancionado pela NAA (Associação Nacional Aeronáutica) no dia 19 de novembro de 2009, e pela FAI (Federation Aeronautique Internationale) no dia 30 de novembro de 2009.

A tripulação do voo recorde entre o México e a França
A tripulação do voo recorde entre o México e a França

O jato executivo Bombardier Global Express XRS decolou do Aeroporto de Toluca (MMTO) com três pessoas a bordo e um peso de carga paga equivalente a oito passageiros – um suprimento de combustível de 780 libras (354 kg) acima da reserva e quatro passageiros.

A aeronave voou na velocidade de cruzeiro de Mach 0,82 (870 km/h) durante as primeiras seis horas de voo e a Mach 0,85 (907 km/h) durante as últimas quatro horas. A média de velocidade foi de 924,9 km/h durante o voo, com média de vento de cauda de 55 kts (102 km/h). O Global Express XRS pousou no Aeroporto de Le Bourget (LFPG) com reserva de combustível em excesso baseando-se nos requerimentos para voos IFR da NBAA.

“A aeronave se apresentou soberbamente durante a decolagem do Aeroporto de Toluca às 21:54 horário local e subiu diretamente para o nível de 41.000 pés (12.500 m), e então subiu para 43.000 ft (13.100 m) e em alguns períodos no nível de 45.000 ft (13.700 m) na travessia do Oceano,” relatou Yves Tessier, comandante padrão das aeronaves da Bombardier Business Aircraft, e o co-piloto em comando do voo. “Esse voo recorde mostra claramente, mais uma vez, a velocidade superior do Global Express XRS e as capacidades de voo transoceânicos.”

Esse novo recorde mundial sancionado pela NAA para o jato Global Express XRS representa o tempo mais rápido registrado para um voo entre o México e a França e junta-se a outros 17 recordes atualmente mantidos pela aeronave Global Express, incluindo quatro recordes de velocidade em voos transatlânticos.

Aerotresalia é controlada pela Tresalia Capital, um fundo de investimento privado baseado na Cidade do México, operando empresas de telecomunicações, tecnologia, infraestrutura e mídia.

Fonte: Bombardier – Tradução e Adaptação do Texto: Cavok

Anúncios

Embraer recebe certificado de tipo da FAA, dos EUA, para o jato Phenom 300

0
Embraer Phenom 300
Embraer Phenom 300

logo_phenom300O jato executivo Phenom 300, da categoria light, da Embraer, foi certificado hoje pela Federal Aviation Administration (FAA), autoridade aeronáutica dos Estados Unidos, que concedeu o Certificado de Tipo seguindo a mesma ação da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) em 3 de dezembro. Todas as metas do projeto foram atingidas ou superadas, e as primeiras entregas começarão nas próximas semanas.

O alcance máximo do Phenom 300, originalmente projetado em 3.334 quilômetros (1.800 milhas náuticas), foi estendido para 3.650 quilômetros (1.971 milhas náuticas) com seis ocupantes e reservas NBAA IFR. O desempenho de pista também foi melhorado significativamente sobre as metas iniciais. O comprimento de pista para decolagem, com o jato no peso
máximo de decolagem, é agora de 956 metros (3.138 pés), consideravelmente melhor do que o planejado de 1.127 metros (3.700 pés), enquanto a distância de pista para pouso com o peso máximo de aterrissagem foi melhorada para 799 metros (2.621 pés), ou 100 metros (329 pés) a menos do que a meta inicial de 899 metros (2.950 pés).

Interior do Phenom 300 da Embraer
Interior do Phenom 300 da Embraer

Para vôos de e para aeroportos com restrições devido à altas temperaturas ou grandes altitudes, o Phenom 300 excedeu as metas de alcance. Por exemplo, o avião pode decolar com peso máximo de decolagem e atingir a capacidade máxima de alcance a partir de Aspen, no Estado do Colorado, nos Estados Unidos. O desempenho de subida também superou as expectativas, permitindo à aeronave decolar ao nível do mar com peso máximo e alcançar o teto operacional de 45 mil pés em apenas 26 minutos. Equipado com dois eficientes motores Pratt & Whitney Canada PW535-E, o consumo de combustível do Phenom 300 é até 6% melhor do que o originalmente estimado.

A velocidade máxima de 453 nós (True Air Speed – TAS) foi validada durante a campanha de testes de certificação. Certificado sem restrições, o Phenom 300 está apto a voar de acordo com as Regras de Vôo Visual (Visual Flight Rules – VFR) e Regras de Vôo por Instrumentos (Instrument Flight Rules – IFR), dia e noite, e em condições conhecidas ou previstas de gelo.

Para a distribuição de peças, os clientes norte-americanos podem contar com os centros de distribuição da Embraer em Louisville, no Estado do Kentucky, operado pela UPS Supply Chain Solutions, e Fort Lauderdale, no Estado da Flórida. A Empresa também possui centros no Brasil, na França, em Cingapura e nos Emirados Árabes Unidos. A joint venture Embraer CAE Training Services oferece treinamento de pilotos e manutenção para o Phenom 100 e o Phenom 300.

A estrutura de suporte ao produto da Empresa abrange operações de vôo e assistência técnica e de manutenção, bem como um novo Contact Center, que reduz o tempo de permanência em solo aplicando os recursos apropriados de forma rápida e eficiente em situações críticas.

A partir de 1º de Fevereiro de 2010, o preço de lista do Phenom 300 será de US$ 8,14 milhões em condições econômicas de 2010, para um avião na configuração básica FAA.

Fonte: Embraer

Gulfstream G250 realiza seu primeiro voo

0
Primeiro voo do Gulfstream/IAI G250
Primeiro voo do Gulfstream/IAI G250

A Gulfstream Aerospace anunciou hoje que sua nova aeronave executiva, com cabine larga e de médio alcance, Gulfstream G250, completou com sucesso seu primeiro voo. A Gulfstream projetou e construiu o novo jato executivo em parceria com a Israel Aerospace Industries (IAI) em Tel Aviv, Israel.

Nos comandos do voo estava o chefe dos pilotos de testes da IAI, Ronen Shapira, que decolou o G250 a partir do Aeroporto Internacional Ben Gurion hoje, às 8:16 horário local (4:16 horário de Brasília). Durante o voo, o qual durou 3 horas e 21 minutos, os pilotos testaram as qualidades de pilotagem do jato executivo e as características de voo, e executaram as verificações iniciais de vários sistemas da aeronave.

A aeronave voou numa altitude de 32.000 pés e atingiu a velocidade máxima de 253 kts (468 km/h). O piloto Shapira comentou que o voo foi “extremamente suave sem nenhuma dúvida”. O sistema de telemetria do voo da IAI permitiu que a equipe de engenheiros de voo da Gulfstream e da IAI pudessem monitorar os sistemas de voo do G250 no solo em tempo real, bem como gravar todas informações do primeiro voo para posterior análise.

O jato executivo G250 foi apresentado pela primeira vez na fábrica da IAI em Tel Avi, no dia 6 de outubro de 2009. Continua na programação a certificação que deve ocorrer em 2011, vindo na sequência sua entrada em serviço no mesmo ano.

Fonte: Gulstream/IAI – Tradução: Cavok

Começa a produção em série do novo Sikorsky S-76D

0
Momento do primeiro voo so Sikorsky S-76D, em fevereiro de 2009 (Foto: Newscom)
Momento do primeiro voo so Sikorsky S-76D, em fevereiro de 2009 (Foto: Newscom)

A Sikorsky informou que iniciou o processo de fabricação do seu novo helicóptero S-76D, com a primeira estrutura da fuselagem tomando forma na linha de montagem da Aero Vodochody, na República Tcheca.

A seção completa da fuselagem será embarcada para unidade da Sikorsky em Coatesville, Pensilvânia em abril de 2010, onde a montagem final e a finalização do helicóptero será feita. As fuselagens serão construídas na taxa de uma por mês, com as entregas aos clientes começando em 2011.

O primeiro cliente, que foi o lançador da versão, será a Falcon Aviation Services de Abu Dhabi, o qual adquiriu dois helicópteros S-76D. Até o momento cerca de 100 pedidos da nova aeronave já foram feitos, com a certificação prevista para ser alcançada no final de 2010.

O primeiro voo do Sikorsky S-76D foi no dia 7 de fevereiro desse ano, na unidade da Sikorsky em West Palm Beach, Flórida.

Fonte: Sikorsky – Tradução e Adapatação do Texto: Cavok

Embraer recebe 30 pedidos do Phenom 100 VLJ para clientes da Índia

0
Embraer Phenom 100 VLJ
Embraer Phenom 100 VLJ

A Embraer divulgou em um press release a informação que recebeu 30 pedidos da aeronave Phenom 100 VLJ para o mercado da Índia.

Esses 30 pedidos para o jato Phenom 100 da Embraer VLJ deverão ser preenchidos nos próximos dois ou três anos. As entregas deverão começar no terceiro trimestre de 2010.

Interior do Phenom 100 da Embraer
Interior do Phenom 100 da Embraer

O avião Phenom 100 VLJ da  Embraer pode levar 4 pessoas a bordo, e cada unidade custa cerca de US$ 4 milhões. Diante do potencial para ainda mais pedidos, a Embraer decidiu levar o Phenom 100 para ou tour por toda Índia, promovendo a aeronave para possíveis clientes. O VLJ visitará sete cidades da Índia, e depois irá para Cingapura e Austrália. A aeronave deve fazer uma apresentação em Bangalore e após seguirá para Nova Déli, antes de seguir para as outras cidades.

Na Índia, o serviço autorizado da Embraer poderá ser feito pela Indamer Company. A Invision Projects fez um pedido para 20 aviões Phenom 100 VLJ, enquanto a Aviators India, uma empresa de táxi aéreo, fez o pedido de duas aeronaves.

No mundo todo, o Phenom 100 recebeu 750 pedidos.

Embraer obtém certificação da ANAC para o jato Phenom 300

0
Embraer Phenom 300
Embraer Phenom 300

logo_phenom_certA Embraer recebeu hoje os certificados de tipo e de produção para o jato executivo Phenom 300, da categoria light, por parte da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), do Brasil, em cerimônia realizada na sede da Empresa, em São José dos Campos. O certificado de tipo por parte da Federal Aviation Administration (FAA), autoridade aeronáutica dos Estados Unidos, é esperado para as próximas semanas.

O alcance máximo do Phenom 300, originalmente projetado em 3.334 quilômetros (1.800 milhas náuticas), foi estendido para 3.650 quilômetros (1.971 milhas náuticas) com seis ocupantes e reservas NBAA IFR. O desempenho de pista também foi melhorado significativamente sobre as metas iniciais. A extensão de pista para decolagem, com o jato no peso máximo de decolagem, é agora de 956 metros (3.138 pés), consideravelmente melhor do que o planejado de 1.127 metros (3.700 pés), enquanto a distância de pista para pouso com o peso máximo de aterrissagem foi melhorado para 799 metros (2.621 pés), ou 100 metros (329 pés) a menos do que a meta inicial de 899 metros (2.950 pés).

Para vôos de e a partir de aeroportos com restrições devido à altas temperaturas ou grandes altitudes, o Phenom 300 excedeu as metas de alcance, o que resultou, por exemplo, em um alcance de mais de 3.704 quilômetros (2.000 milhas náuticas) a partir de Aspen, no Estado do Colorado, nos Estados Unidos. O desempenho de subida também superou as expectativas, permitindo à aeronave decolar ao nível do mar com peso máximo e alcançar o teto operacional de 45 mil pés em apenas 26 minutos. Equipado com dois eficientes motores Pratt & Whitney Canada PW535-E, o consumo de combustível do Phenom 300 é até 6% melhor do que o originalmente estimado.

A velocidade máxima de 453 nós (True Air Speed – TAS) foi validada durante a campanha de testes de certificação. Certificado sem restrições, o Phenom 300 está apto a voar de acordo com as Regras de Vôo Visual (Visual Flight Rules – VFR) e Regras de Vôo por Instrumentos (Instrument Flight Rules – IFR), dia e noite, e em condições conhecidas ou previstas de gelo. A aeronave também cumpre os requisitos de ruído externo, Estágio IV, tendo sido certificada com a margem cumulativa de 24 EPNdB.

O altamente intuitivo sistema Prodigy® flight deck, baseado nos aclamados aviônicos Garmin G1000, foi concebido a partir da experiência acumulada pela Embraer no desenvolvimento de projetos orientados a fatores humanos. Sua filosofia quiet and dark, combinada com características ergonômicas excepcionais, oferece completo alerta situacional e de automação, gerando baixa carga de trabalho, o que possibilita ao jato ser operado por apenas um piloto.

Interior do Phenom 300
Interior do Phenom 300

O interior do Phenom 300 foi certificado para oferecer espaço e conforto sem precedentes na categoria de jatos light. As janelas, o volume da cabine e o compartimento de bagagem são os maiores entre todos os jatos desta classe. A seção transversal Oval Lite beneficia os passageiros com amplo espaço para as pernas e a cabeça, com assentos totalmente reclináveis que podem se mover lateralmente e girar 180º oferecendo aos passageiros grande mobilidade na cabine. Com uma porta rígida, o lavatório traseiro é o único no segmento que possui serviço externo. O sistema de entretenimento a bordo oferece como opcionais monitores individuais e uma tela de 10,4 polegadas no teto. A generosa galley e o espaço de armazenamento do guarda-roupa adicionam conveniência a uma experiência premium de viagem.

Além de seus incríveis conforto e desempenho, o Phenom 300 também estabeleceu um novo patamar em termos de robustez, simplicidade na manutenção, e despachabilidade. Projetado para um ciclo de 35 mil horas de vôo, o avião também oferece outras características únicas que elevam o Phenom 300 ao mais alto nível entre os jatos light: SmartprobesTM, que aumentam a confiabilidade e reduzem as tarefas de manutenção; freios de carbono, que permitem 60% menos substituições; sistema brake-by-wire; sangria quente para o sistema de anti-gelo do estabilizador horizontal; e ponto único de reabastecimento de combustível.

A Companhia também possui parcerias com renomadas empresas em áreas de logística e de treinamento de pilotos. A estrutura de suporte ao produto da Empresa abrange operações de vôo e suporte técnico e de manutenção, bem como um novo Contact Center, que reduz o tempo de permanência em solo aplicando os recursos apropriados de forma rápida e eficiente em situações críticas.

A partir de 1º de Fevereiro de 2010, o preço de lista do Phenom 300 será de US$ 8,14 milhões em condições econômicas de 2010, para um avião na configuração básica FAA.

Fonte: Embraer

Cessna entrega o 300º Citation X

0
Cessna Citation X
Cessna Citation X

A Cessna Aircraft Company entregou seu 300º Citation X para o representante de vendas da marca, a Jetalliance, baseada em Viena, Áustria. O Citation X será operado em Viena por um cliente que não divulgado. A Jetalliance é o representante autorizado da Cessna para Rússia e países do leste europeu.

O modelo é a aeronave mais rápida, em modelos não militares, atingindo a velocidade máxima de Mach 0,92, pouco abaixo da velocidade do som. Desde o lançamento, a Cessna entregou mais de 45 jatos Citation X para a regiões da Europa, Oriente Médio e África.

O Citation X é o modelo top de linha da Cessna e foi anunciado em 1990 na “National Business Aviation Association” (NBAA), encontro e convenção anual de aeronaves executivas. O primeiro Citation X foi entregue para a lenda do golfe e antigo cliente da Cessna, Arnold Palmer, em 1996.

Fonte: Cessna

Conceitos de interior do Boeing 787 VIP feitos pela BMW Designworks

0
Boeing 787 Dreamliner
Boeing 787 Dreamliner

A Boeing recentemente anunciou que sua muito atrasada aeronave 787 Dreamliner finalmente irá voar pela primeira vez no final desse ano, informado pelo site Cavok. Isso é apenas um voo de testes, o que significa que os clientes que já estão aguardando pacientemente pelos 840 aviões comprados terão que continuar aguardando. O 787 está com o programa atrasado em mais de 2 anos.

Falando em dois anos atrás, a BMW Group DesignworksUSA havia apresentando uns trabalhos conceituais de interiores para o 787 buscando interessados na idéia. Os designers pensaram em montar praticamente uma mansão sobre asas, onde um passageiro frequente pudesse literalmente morar e trabalhar dentro do 787 – junto com mais uns 90 amigos.

0dreamlater020dreamlater030dreamlater040dreamlater05

Conceitos de interiores do Boeing 787, feitos pela BMW
Conceitos de interiores do Boeing 787, feitos pela BMW

Usando toda área disponível, inclusive parte do compartimento de carga e usando várias escadas, foram criados diversos ambientes como uma suíte de casal, um toalete com banheira, sala de conferência, suítes para convidados, uma ampla sala com home theater, uma cozinha gourmet, escritório e até um cocktail bar. Existe até uma área envidraçada no piso do bar, onde pode-se enxergar o seu carro (uma BMW, é claro) posicionado no compartimento especial para transporte de seu carro quando em viagens.

Via Car Body Design

Índia lança Táxi Aéreo com aviões Cirrus

0
Cirrus SR-22
Cirrus SR-22

Uma companhia da Índia lançou o primeiro serviço de táxi aéreo charter do país, começando com dois aviões Cirrus SR22. Os assentos disponíveis da empresa Air Car tem os preços competitivos comparados aos preços da classe executiva das empresas aéreas regulares e metade do preço de outras opções de voos charters. A nova companhia voará a partir da capital indiana, Nova Déli, e atenderá os destinos dentro de um raio de 300 milhas (482 km), incluindo várias cidades emergentes que não possuem voos comerciais. “A Air Car oferece a opção de voar mais rápido para esses lugares com tarifas razoáveis,” disse Uttam Kumar Bose, um sócio da empresa.

A Air Car possui mais 10 encomendas de aeronaves Cirrus SR-22. A companhia pretende adicionar duas ou três aeronaves por trimestre e expandir o serviço por todo país em 2013. A companhia também está estudando a implantação de pacotes especiais para clientes corporativos.

Um dos sócios, Manav Singh, possui uma empresa de compartilhamento de aviões executivos, a Club One, e o outro sócio, Bose, é o atual CEO da Air Sahara. Novas empresas aéreas de charter estão buscando passageiros para o tipo de serviço nos EUA, mas os resultados são uma mistura de sucesso com fracasso. A DayJet, com uma frota de jatos Eclipse, fechou as portas por falta de capital, e mesmo a SATSAir, que prometia serviços com aviões Cirrus, recentemente terminou as operações. Mas a Linear Air e várias outras estão mantendo os serviços operacionais.

Embraer leva Phenom 100 e Legacy 500 à AEROEXPO 2009, no México

0
Embraer Phenom 100
Embraer Phenom 100

logo-aeroexpo2009A Embraer e seu representante de vendas autorizado no México, Lomex Aeronáutica, participarão da sétima Exposição e Convenção Internacional de Aviação, a Aeroexpo 2009, em Acapulco, México, de 3 a 5 de dezembro.

A Empresa exibirá o jato executivo da categoria entry level Phenom 100 na exposição estática do Aeroporto Internacional de Acapulco (ACA). No mesmo local, também será mostrado o modelo em tamanho real do jato midsize Legacy 500, que estará no México pela primeira vez.

“A Embraer tem a satisfação de participar da AeroExpo 2009, demonstrando seu comprometimento com o crescente mercado mexicano com a exibição do jato Phenom 100 e do modelo do jato Legacy 500”, disse Ernest Edwards, Diretor de Marketing e Vendas da Embraer para os EUA, Canadá, México e Caribe – Aviação Executiva.

Realizado a cada dois anos, o evento acontecerá no Hotel, Resort e Centro de Convenções Fairmont Acapulco Princess, na Zona Diamante, onde a Lomex e a Embraer ocupam o estande B7. Uma conferência de imprensa será realizada no centro de convenções no dia 3 de dezembro, às 14 horas, na sala de conferências número 3 (Sala Princess), localizada no mezanino, para apresentar aos jornalistas uma completa atualização dos produtos da Embraer para a aviação executiva.

Fonte: Embraer

FOTOS: Gulfstream G650 voa pela primeira vez

1
Gulfstream G650
Gulfstream G650

O jato executivo Gulfstream G650 voou ontem, dia 25, pela primeira vez na unidade do fabricante em Savannah, Georgia, menos de 20 meses após o jato de ultra-longo alcance ser lançado, mas o voo voi interrompido após uma inesperada vibração.

O novo jato de alta velocidade da empresa decolou às 18:41GMT (16:41 horário de Brasília) para seu voo de 12 minutos.

Pres Henne, vice presidente senior, de Programas, Engenharia e Testes da Gulfstream disse que os sistemas da aeronave estão totalmente operacionais. A aeronave atingiu a altitude de 6.600 pés (2.200 m) e uma velocidade de 170 kts. Os controles de voo e as características de performance ficaram dentro do esperado. “Nós consideramos esse voo como de sucesso e olhamos para frente buscando finalizar todos testes de voo previstos”, disse Henne.

Logo após a decolagem, o tripulante Jake Howard, o piloto de testes senior Tom Horne e o engenheiro de voo Bill Osborne sentiram o que a Gulfstream descreveu como uma “leve vibração na porta do trem de pouso” que interrompeu o primeiro voo como “medida preventiva”.

A Gulfstream disse que a vibração na porta do trem de pouso foi ouvida pelos tripulantes, os quais prontamente anteciparam os preparativos para pouso da aeronave.

Uma vibração na porta do trem de pouso é comum durante os primeiros voos de aeronaves , pois durante essa fase, as portas externas são colocadas sob condições de alta velocidade em voo pela primeira vez.

Gulfstream G650
Gulfstream G650

O voo inaugural deu início a uma campanha de teste de 1.800 horas de voo que deverá finalizar com a certificação do G650 e a entrada de serviço previsto para 2011 e 2012 respectivamente.

A Gulfstream disse que o G650 oferece o maior alcance, velocidade, e cabine e o mais avançado cockpit da frota de aeronaves Gulfstream. Ele possui uma nova fuselagem central, permitindo um interior da cabine mais largo e mais alto que a versão top de linha anterior, o modelo G550.

O novo G650 é equipado com dois motores Rolls-Royce BR725, e possui o cockpit com o PlaneView II. A aeronave é capaz de viajar em distâncias de até 12.950km (7.000nm) na velocidade de Mach 0,85. Possui uma velocidade máxima operacional de Mach 0,925, “a qual torna o G650 a aeronave civil mais veloz. Ele pode atingir uma altitude de 51.000ft (15.545m), o que permite evitar tráfego aéreo e turbulências severas”, diz a Gulfstream.

Fonte: Gulfstream

Hawker Beechcraft perto de finalizar as entregas de um dos seus maiores pedidos

0
Hawker 900XP
Hawker 900XP

A Hawker Beechcraft Corporation está perto de entregar todas as 12 aeronaves encomendadas pela Presidência de Meteorologia e Meio Ambiente da Arábia Saudita (PME). As entregas das aeronaves começaram no ano passado e devem ser concluídas no final desse ano, pois faltam apenas duas aeronaves para serem entregues.

O pedido consiste em um Hawker 900XP, dois Hawker 400XP, um King Air 350, dois King Air B200GT e seis King Air C90GTi. Os aviões serão usados para apoiar as diversas atividades feitas pela PME, que incluem vitais atividades meteorológicas como previsão do tempo e modelos de previsão numéricos, e para busca de informações sobre o meio ambiente, incluindo qualidade do ar e proteção ambiental.

A novas aeronaves terão equipamentos especiais preparados para as missões, que estão sendo preparados e modificados pela Weather Modification, Inc. e pela Fargo Jet Center, ambas localizadas na cidade de Fargo, North Dakota. Os serviços manutenção das aeronaves da PME serão efetuadas pela HBC Authorized Service Center Arabian Aircraft Services Co. Ltd, também conhecida como ARABASCO.

Fonte: Hawker Beechcraft

Cessna faz roll out de seu primeiro jato executivo CJ4 de produção

0
Cessna CJ4
Cessna CJ4

A Cessna fez hoje, dia 17, o roll out de seu primeiro jato executivo leve CJ4 de produção. O jato leve foi produzido na nova unidade da Cessna, responsável pelo projeto primário e montagem, em Wichita.

A aeronave agora será finalizada e pintada, enquanto três aeronaves de testes – as quais já acumularam mais de 1.600 horas de voo em 1.000 voos – continuam os trabalhos para alcançar a certificação da FAA no início de 2010.

O CJ4, que tem um valor de mercado de US$8,4 milhões, e é equipado com duas turbinas International FJ44-4A, oferece uma velocidade de cruzeiro maior que 450kt (840km/h) e uma autonomia próxima de 3.700km com dois tripulantes e cinco passageiros. O CJ4 também pode alcançar um teto de serviço de 45.000ft (13.716m) em apenas 28 minutos, com peso máximo de decolagem.

Fonte: Cessna

Comlux adquire um Airbus ACJ e um Bombardier Challenger 605

0
Airbus Corporate Jet (ACJ), da Comlux
Airbus Corporate Jet (ACJ), da Comlux

dubai_airshow MAIN_100O operador VIP Comlux fez um pedido de um Airbus Corporate Jetliner (ACJ) e um Bombardier Challenger 605. Os dois pedidos foram anunciados durante o Dubai Airshow 2009, que ocorre nos Emirados Árabes Unidos até o dia 19 de novembro.

Interior de um A318 da Comlux
Interior de um A318 da Comlux

Com o novo ACJ, a companhia aérea eleva para dez aeronaves já pedidas do fabricante europeu: quatro A-318, três Airbus ACJ, dois A-320 Prestiges e um A-330/200 Prestige, se tornando o maior cliente da família Airbus ACJ. Algumas das aeronaves são controladas por clientes privativos e algumas usadas para voos charters VVIP. Uma dessas aeronaves está sendo exposta no show em Dubai.

O Bombardier Challenger 605 une-se a frota de aeronaves construídas pelo fabricante canadense atualmente operados pela Comlux, que incluem: três Challenger 605, dois Challenger 850, dois Global 5000, dois Global Express e dois Global Express XRS.

A Comlux é uma empresa mundial de serviços charter VVIP com escritórios em Zurique, Moscou, e Almaty, especializada em aeronaves widebody, para viagens de longa distância.

Cavok nas redes sociais

62,406FãsCurtir
340Inscritos+1
6,414SeguidoresSeguir
2,505SeguidoresSeguir
10,510SeguidoresSeguir
2,780InscritosInscrever
Anúncios