Saab

Inicio Tags Imagens

Tag: Imagens

IMAGENS: Os caças F-22 Raptor reinam no exercício Red Flag

1
Um caça F-22A Raptor sobrevoa as montanhas cobertas de neve da área de treinamento do estado de Nevada, logo após receber combustível de uma aeronave KC-135 Stratotanker. (Foto: Staff Sgt Taylor Worley / U.S. Air Force)

A USAF (Força Aérea dos Estados Unidos) divulgou imagens dos caças stealth Lockheed F-22 Raptor durante missões simuladas no exercício Red Flag 10-3, que terminou no último dia 5 de março, e que estava ocorrendo desde o dia 22 de fevereiro na Base Aérea de Nellis, Nevada.

Um caça F-22 da Base Aérea de Holloman decola da Base Aérea de Nellis, Nevada, durante o exercício militar Red Flag 10-3. (Foto: Tech. Sgt. Michael R. Holzworth / U.S. Air Force)

Os caças F-22 Raptor que participaram do exercício eram provenientes da 49ª Ala de Caça, da Base Aérea de Holloman, no Novo México. Na edição anterior participaram caças F-22 da Base Aérea de Elmendorf, Alaska, que após o exercício foram deslocados para Guam, onde participam da presença contínua na região do Pacífico.

O oficial Justin Horne saúda um piloto de um caça F-22 Raptor durante o exercício Red Flag realizado na Base Aérea de Nellis, Nevada. (Foto: Airman 1st Class Brett Clashman / U.S. Air Force)

O exercício Red Flag 10-3 contou com a presença de diversos esquadrões da força aérea e da marinha dos Estados Unidos, além de um esquadrão de caças Harrier GR9 da Royal Air Force (RAF) e dos caças F/A-18 Hornet da Real Força Aérea da Austrália (RAAF).

Caças F-22 Raptor prontos para partir numa missão de treinamento na Base Aérea de Nellis, Nevada, durante o Red Flag, enquanto uma aeronave A-10 Thunderbolt chega de uma missão. (Foto: Airman 1st Class Brett Clashman / U.S. Air Force)

O Red Flag é organizado pelo Centro de Inteligência de Guerra da USAF e pela Base Aérea de Nellis, através do 414° Esquadrão de Treinamento de Combate, e foi conduzido na Área de Treinamento e Teste de Nevada, ao norte de Las Vegas. Participam do treinamento aeronaves militares dos EUA e de países aliados aos norte americanos.

Anúncios

IMAGENS: Aviões K-8W da Venezuela em voo

0

Surgem as primeiras imagens em voo dos aviões de treinamento Hongdu JL-8 (K-8W Karakorun) da Fuerza Aerea Venezolana (FAV), divulgadas através do site FAV Club.

As aeronaves devem ser apresentadas oficialmente para começar a operar na Venezuela a partir de hoje, dia 13. Os aviões K-8 foram adquiridos no final de 2008 para treinamento avançado dos pilotos da FAV.

Essas aeronaves chegaram desmontadas à Venezuela no dia 22 de janeiro, vindo da China, conforme divulgado aqui no Cavok.

Os K-8W da Venezuela estão operando a partir da Base Aérea El Libertador (BAEL) em Palo Negro, estado Araguá, onde deverá ser realizado a cerimônia oficial de recebimento dessas, com a presença do Presidente da Venezuela Hugo Chavez.

IMAGENS: Voos de aceitação dos caças Super Hornet da Austrália nos EUA

0

O Ministério da Defesa da Austrália divulgou novas imagens dos voos de aceitação do primeiro grupo de caças Boeing F/A-18F da Real Força Aérea da Austrália (RAAF), que estão sendo realizados na costa oeste dos EUA e devem chegar à Austrália no final do mês de março. Veja a seguir mais fotos de uma voo de aceitação sobre a cadeia de Montanhas Sierra Nevada.

A chegada dos caças Super Hornet representará um grande avanço nas capacidades da RAAF, sendo a primeira aeronave de combate adquirida pela Austrália nos últimos 25 anos.

A Austrália encomendou um total de 24 caças F/A-18 Super Hornet, que equiparão o Esquadrão nº 1 da Base da RAAF de Amberley. As últimas unidades do pedido deverão serem entregues em 2011.

Um destacamento de pilotos e pessoal de apoio do Esquadrão nº 1 da RAAF, atualmente na Estação Naval de Lemoore, na Califórnia, vem se preparando para o voo de translado, efetuando voos de treinamento, incluindo operações de reabastecimento aéreo com aeronaves KC-135 da USAF.

Veja mais fotos aqui no Cavok.

Fotos: Ministério da Defesa da Austrália

IMAGENS: Aeronaves A-10 Thunderbolt II da USAF participam do exercício Cope Tiger

0

O A-10 Thunderbolt II 80-0239 taxia na pista da Base Aérea de Udon Thani, Tailândia, no dia 4 de março de 2010, durante o Cope Tiger 2010. A aeronave está equipada com um sistema de Aviso de Mísseis AN/AAR-47. (Foto: Capt. Genieve David / U.S. Air Force)

A Força Aérea dos Estados Unidos está conduzindo uma missão com quatro aviões de combate A-10 Thunderbolt II durante o exercício multilateral Cope Tiger 2010, na Tailândia.

Pilotos do 25º Esquadrão de Caça da Base Aérea de Osan, Coreia do Sul, caminham para suas aeronaves na Base Aérea de Udon Thani, Tailândia, no dia 4 de março de 2010, antes de conduzirem a primeira de várias missões planejadas no exercício Cope Tiger 2010. (Foto: Capt. Genieve David / U.S. Air Force)
O Capitão Matthew Lackey coloca seu capacete momentos antes de acionar seu A-10 Thunderbolt II na primeira missão no exercício Cope Tiger 2010, na Base Aérea de Udon Thani, Tailândia. (Foto: Capt. Genieve David / U.S. Air Force)

As quatro aeronaves A-10, da Base Aérea de Osan, Coreia do Sul, efetuam missões básicas de ataque ao solo com armas simuladas na Área de Nam Phong, na Tailândia.

Membros da 25ª Unidade de Manutenção de Aeronave da Base Aérea de Osan, Coreia do Sul, removem os calços "remove before flight" como preparação para um A-10 Thunderbolt II poder partir para uma missão na Base Aérea de Udon Thani, Tailândia. (Foto: Capt. Genieve David / U.S. Air Force)

O exercício Cope Tiger 2010 inclui a participação da Força Aérea dos Estados Unidos (SAF), da Real Força Aérea e Exército da Tailândia, e da Força Aérea da República de Singapura.

O membro da tripulação no solo Graeme Clark prepara o cockpit de um A-10 Thunderbolt II para os pilotos participantes do exercício Cope Tiger 2010 na Base Aérea de Udon Thani, Tailândia. (Foto: Capt. Genieve David / U.S. Air Force)

A participação dos Estados Unidos é liderada pela 13ª Força Aérea Conjunta da Base de Pearl Harbor, Havaí, subordinada a Força Aérea do Pacífico.

Um avião A-10 Thunderbolt II (80-0253) retorna de uma missão durante o Cope Tiger 2010 na Base Aérea de Udon Thani, Tailândia, no dia 5 de março de 2010. (Foto: Tech. Sgt. Cohen A. Young / U.S. Air Force)
As tripulações de solo dos aviões A-10 Thunderbolt II e os técnicos em armas preparam os jatos para o desligamento após eles terem retornado de uma missão de treinamento no Cope Tiger 2010 na Base Aérea de Udon Thani, Tailândia, no dia 5 de março de 2010. A aeronave em primeiro plano é o A-10C (80-0245) com um pod de mira AN/AAQ-28 LITENING AT. Um sistema de aviso de mísseis AN/AAR-47 também está instalado. A aeronave ao fundo é o A-10 (81-0971). (Foto: Tech. Sgt. Cohen A. Young / U.S. Air Force)

O exercício está sendo realizado nas bases de Korat e Udon Thani da Real Força Aérea da Tailândia até o dia 12 de março de 2010.

Fonte: USAF – Texto: Cavok

IMAGENS: Força Aérea da China bombardeia placas de gelo no Rio Amarelo

0
Dois bombardeiros Xian H-6 da China durante o voo até a região da Mongólia Inferior, norte da China. (Foto: Xinhua)

O site de notícia chinês People’s Daily Online informou que a Força Aérea da China (PLA), durante a terça-feira, dia 9 de março, enviou seis bombardeiros Xian H-6 para bombardear placas de gelo que impediam a navegação no Rio Amarelo.

Momento que um bombardeiro H-16 da China parte para missão de bombardeiro. (Foto: Xinhua)

Os seis bombardeiros H-6, aeronaves fabricadas sob licença na China, baseados nos Tupolev Tu-16, lançaram 48 bombas durante um teste de disparos para quebrar as placas de gelo.

Momento que as aeronaves chegam no local onde os blocos de gelo estavam impedindo a navegação. (Foto: Xinhua)

Segundo a agência de notícias Xinhua, o Rio Amarelo, o segundo maior da China, estava bloqueado próximo a região autônoma da Mongólia Interior, no norte da China.

As placas de gelo que estão dificultando a navegação no Rio Amarelo. (Foto: Xinhua)

O jornal chinês apenas publicou as imagens acima, com poucas informações, sem dar maiores detalhes sobre o resultado da missão.

Fonte: People’s Daily Online – Texto: Cavok

Novas imagens do PAK-FA (e ao lado de um Sukhoi Su-35UB Flanker)

3

O novo caça russo de quinta-geração Sukhoi T-50 (direita) ao lado de seu antecessor, o protótipo do Sukhoi Su-35UB Flanker. (clique na imagem para ver numa resolução maior)

Na semana passada foram divulgadas novas imagens do protótipo do novo caça de quinta-geração da Rússia, o Sukhoi T-50 (PAK-FA) no fórum russo Sukhoi.ru.

Neste ângulo pode-se observar de cima as duas aeronaves de combate da Sukhoi.

As imagens mostram o protótipo do Sukhoi T-50 (PAK-FA) ao lado do protótipo do Sukhoi Su-35UB na fábrica da Sukhoi em Komsomolsk-on-Amur, extremo leste da Rússia. Bela chance de comparar os tamanhos de cada um dos caças.

O PAK-FA visto de frente na sede da Sukhoi em Komsomolsk-on-Amur.

Numa terceira imagem pode-se ver o caça de quinta-geração da Rússia num ângulo bem de frente.

Na semana passada o Primeiro Ministro Vladimir Putin esteve visitando a sede da Sukhoi, onde pode conhecer mais detalhes do projeto e também conhecer o simulador do T-50, conforme divulgado aqui no Cavok.

Os testes de voo devem ser retomados a partir de abril e se estenderão até 2015.

IMAGENS: Os novos caças F/A-18F Super Hornet da RAAF se preparam para cruzar o Pacífico

0
O caça F/A-18F (A44-203) taxia na Estação Naval de Lemoore, California.

Os novos caças Boeing F/A-18F Super Hornet da Real Força Aérea da Austrália (RAAF – Royal Australian Air Force) estão nos últimos preparativos para cruzar o Oceano Pacífico rumo a Austrália.

Aqui outro caça F/A-18F Super Hornet da RAAF (A44-206) taxia para seu voo de preparação na Estação Naval de Lemoore, California.

O Comandante Chefe da RAAF, o Air Marshal Mark Binskin, disse que os primeiros F/A-18F Super Hornet devem chegar a Austrália nas próximas semanas, (veja mais aqui no Cavok).

As aeronaves já possuem as insígnias da Real Força Aérea da Austrália.
Os pilotos do Esquadrão nº 1 da RAAF estão se preparando para cruzar o Pacífico a bordo dos novos F/A-18F Super Hornet

Um destacamento de pilotos e de técnicos em manutenção do Esquadrão nº 1, da Base Aérea da RAAF de Amberley, estão desde fevereiro na Estação Naval de Lemoore, na California, se preparando para as séries de voos previstos para Austrália. As aeronaves já carregam as marcas e insígnias do Esquadrão 1 da RAAF.

O Capitão Rich Burr, piloto e Diretor Militar da Nav Air, após um voo num F/A-18F Super Hornet da RAAF.
Um técnico em armamentos do Esquadrão nº 1 da RAAF efetua uma verificação de manutenção no Super Hornet A44-203, antes do voo de aceitação.

“As próximas semana serão bem corridas para as tripulações aéreas e terrestres dos Super Hornet de Lemoore. O destacamento está conduzindo os voos de aceitação e testes no solo em cada aeronave. Além disso o destacamente está trabalhando com o esquadrão de reabastecimento aéreo, conduzindo voos de rabastecimento aéreo durante o dia e noite para garantir que os pilotos estejam preparados para o voo de translado até a Austrália,” disse o Air Marshal Binskin.

O caça Boeing F/A-18F Super Hornet da RAAF (A44-202), na linha de voo da Estação Naval de Lemoore, California.

A Força Aérea está adquirindo 24 caças 24 Super Hornet os quais deverão chegar progressivamente na sua nova base aérea em Amberley, próximo a Ipswich, durante os anos de 2010 e 2011. Esse são os primeiros novos aviões de combate adquiridos para RAAF em 25 anos.

A Austrália encomendou 24 caças Super Hornet para substituir seus antigos caças F-111 que deixarão de operar no final de 2010.

Os caças Super Hornet foram adquiridos para substituir os antigos caças bombardeiros F-111. Os  F-111 serviram bem a Austrália, mas estão chegando próximos do final da vida útil operacional, e devem ser todos retirados de operação até dezembro de 2010.

IMAGENS: Aeronaves C-17 participam do exercício Pacific Rendezvous

0
Aeronaves C-17 Globemaster III aguardam no pátio da Base Aérea de Elmendorf, Alaska, antes de decolarem no dia 10 de fevereiro de 2010. (Foto: Senior Airman Matt Coleman-Foster / U.S. Air Force)

Um grupo de aeronaves de transporte C-17 Globemaster III participaram de um exercício militar chamado de “Pacific Rendezvous” na Base Aérea de Elmendorf, no Alaska, e próximo a Fort Greely no ínicio do mês de fevereiro. As aeronaves estão atirbuídas ao Comando de Mobilidade Aérea e da Força Aérea do Pacífico.

Aeronaves C-17 Globemaster III sobrevoam as montanhas no Alaska, p´roximo a Fort Greely, no dia 10 de fevereiro de 2010. (Foto: Senior Airman Matt Coleman-Foster / U.S. Air Force)
Um C-17 Globemaster III do 517° Esquadrão de Transporte Militar sobrevoa as montanhas próximo a Fort Greely, no Alaska, no dia 10 de fevereiro de 2010. (Foto: Senior Airman Matt Coleman-Foster / U.S. Air Force)

O exercício militar envolveu a exploração das capacidade de voar em grandes formações e melhorar a consciência tática das tripulações do 517° Esquadrão de Transporte Militar, da Base Aérea de Elmendorf, Alaska.

As aeronaves C-17 Globemaster III aguardam para decolar na pista de Fort Greely, no Alaska. (Foto: Senior Airman Matt Coleman-Foster / U.S. Air Force)
Os C-17 Globemaster III no aguardo para decolar em Fort Greely, Alaska. (Foto: Senior Airman Matt Coleman-Foster / U.S. Air Force)

Dentre as missões houveram voos de navegação a baixa altitude, lançamento de pacotes, operações em aeródromos com grande quantidade de neve e também voos em formação com até 5 aeronaves C-17.

O Sargento John Gallo, na rampa traseira de um C-17 Globemaster III, verifica o local do pacote lançado próximo a Baía de Katchemak, no Alaska. (Foto: Senior Airman Matt Coleman-Foster / U.S. Air Force)
Um dos pacotes lançados por uma aeronave C-17 Globemaster III durante o exercício Pacific Rendevouz, no Alaska. (Foto: Senior Airman Matt Coleman-Foster / U.S. Air Force)

O exercício é efetuado anualmente no Alaska e contou com a presença de 5 aeronaves C-17 Globemaster III além de cerca de 80 membros da Base Aérea de Elmendorf no Alaska.

Fonte: PACAF – Texto: Cavok

IMAGENS: JetBlue revela sua pintura comemorativa de 10 anos

0
O A320 comemorativo na aproximação para a pista 31R do Aeroporto JFK em Nova York, durante o seu primeiro voo em serviço. (Foto: Eric Dunetz)

A companhia aérea JetBlue revelou na quarta-feira, dia 17, seu mais colorido e único esquema de pintura em uma de suas aeronaves para celebrar os 10 anos de operações, e também divulgou seu novo esquema de pintura para os lemes de direção das aeronaves que virão, conforme competição que divulgamos aqui no Cavok em dezembro de 2009.

O Airbus A320 N569JB no momento da apresentação da aeronave com a pintura comemorativa de 10 anos de operação da JetBlue. (Foto: JetBlue)
Detalhe da pintura especial aplicada na cauda do Airbus A320 N569JB. (Foto: JetBlue)

O Airbus A320, prefixo N569JB, recebeu dezenas de números “10” nas cores laranja, azul e pretos cobrindo toda parte traseira da aeronave. A dez anos atrás, no dia 11 de fevereiro de 2000, a JetBlue começou a operar dois voos entre o Aeroporto JFK em Nova York, o hub da companhia, e Fort Lauderdale, na Flórida. Atualmente, opera a maioria dos voos domésticos dentre todas as companhias que operam no JFK.

A pintura do leme que venceu o concurso da JetBlue.

A JetBlue também usou a oportunidade de introduzir o que será o seu novo padrão de pintura nos lemes de direção de todas aeronaves da companhia, que atualmente está em 150 unidades. A competição recebeu mais de 30.000 votos, dos quais 30% foram para o design enviado pelo membro da tripulação da JetBlue Troy Bokosky, o “Building Blocks”, que começará a aparecer nos aeroportos em breve.

Fonte: NYC Aviation – Tradução e Adaptação do texto: Cavok

Imagens dos MiG-29K da Índia, que confirmou a aquisição de mais 29 unidades do modelo russo

0
Caça MiG-29K durante a cerimônia de entrada oficial dessas aeronaves na Marinha da Índia.

Conforme adiantamos aqui no Cavok, a Índia confirmou a encomenda de mais 29 caças de combate embarcados MiG-29K para Marinha da Índia, que se juntarão aos 16 jatos encomendados anteriormente, informou o Ministro da Defesa A.K. Antony, durante a cerimônia de entrada em operação dos quatro caças MiG-29K na sexta-feira, dia 19 (veja aqui no Cavok).

“Conforme requisição da marinha nós estamos adquirindo mais 29 unidades do caça MiG-29K da Rússia”, disse Antony aos repórteres um pouco antes dos quatro novos caças embarcados decolarem para uma apresentação.

Imagens da Cerimônia Oficial de Entrada dos Caças MiG-29K na Marinha da Índia:

Ele, no entanto, não informou a data da assinatura do contrato e nem a data que essas aeronaves serão recebidas.

Os quatro jatos MiG-29K introduzidos na sexta-feira logo terão a companhia de outras duas aeronaves que já estão em fases finais de testes, enquanto as outras 10 aeronaves deverão serem recebidas nos próximos meses.

Esse caças operarão temporariamente a partir da Estação Naval de Dabolim até que o porta aviões Admiral Gorshkov, que será renomeado INS Vikramaditya, que está sendo remanufaturado na Rússia, seja comissionado na Marinha da Índia por volta de 2012.

Os jatos adicionais deverá também operar a partir do porta aviões que está sendo fabricado no Estaleiro Cochin.

Fonte: The Economic Times – Tradução e Adaptação do Texto: Cavok

IMAGENS: Último voo do Caribou na Austrália

0
De Havilland DHC-4 Caribou, no seu voo de despedida, da Força Aérea da Austrália.

Duas belas imagens do último voo da aeronave DHC 4 Caribou, A4-140 “Bronco 1”, na Força Aérea da Austrália, realizado no mês de novembro de 2009, num voo entre a Base Aérea da RAAF (Rela Força Aérea da Austrália) de Richmond e o Aeroporto de Canberra.

O último voo do DHC 4 "Bronco 1" da Força Aérea da Austrália, no dia 27 de novembro de 2009.

Essa última aeronave DHC 4 Caribou, fabricada em 1964, voou pela última vez no dia 27 de novembro de 2009, e posteriormente foi doada para o Australian War Memorial, em Canberra. As aeronaves Caribou operaram por 45 anos na Austrália, recebendo uma pintura especial no leme de direção do avião “Bronco 1”.

As aeronaves Caribou da Austrália foram substituídas pelos novos Hawker Beechcraft King Air 350, que começaram a ser recebidos essa semana (veja aqui no Cavok).

Fotos: RAAF

IMAGENS: Raptors no Red Flag 10-2

0
Três caças F-22 Raptor do 90° Esquadrão de Caça da Base Aérea de Elmendorf, no Alasca e da 49ª Ala de Caça, da Base Aérea de Holloman, Novo México, voam sobre a Nevada Test and Training Range durante o Red Flag 10-2, no dia 4 de fevereiro de 2010. (Foto: Staff Sgt. Taylor Worley / U.S. Air Force)

A USAF (Força Aérea dos Estados Unidos) divulgou novas imagens dos caças stealth Lockheed F-22 Raptor durante missões simuladas no exercício Red Flag 10-2, que terminou na sexta-feira, dia 5, e que estava ocorrendo desde o dia 29 de janeiro na Base Aérea de Nellis, Nevada.

Um caça F-22 Raptor do 49° Esquadrão de Caça prepara-se para iniciar o táxi na Base Aérea de Nellis, durante o exercício Red Flag 10-2, no dia 4 de fevereiro de 2010. (Foto: Airman 1st Class Brett Clashman / U.S. Air Force)

Os caças F-22 Raptor que participaram do exercício eram provenientes do 90° Esquadrão de Caça da Base Aérea de Elmendorf, no Alasca, e do 49ª Ala de Caça, da Base Aérea de Holloman, no Novo México.

Um caça F-22 Raptor da Base Aérea de Elmendorf, no Alasca, prepara-se para o reagrupamento com outros caças F-22 após receber combustivel de uma aeronave KC-135 durante o exercício Red Flag 10-2, que terminou no dia 5 de fevereiro na Base Aérea de Nellis, Nevada. (Foto: Tech. Sgt. Bucky Parrish / U.S. Air Force)

O exercício Red Flag 10-2 contou com a presença de diversos esquadrões da força aérea e da marinha dos Estados Unidos, além de um esquadrão de caças Harrier GR9 da Royal Air Force (RAF). Veja mais informações aqui no Cavok.

IMAGENS & VIDEO: F-111 da RAAF faz apresentação de despedida no Singapore Airshow 2010

0
Um F-111 da Royal Australian Air Force (RAAF) apresenta seu truque "dump & burn"durante o Singapore Airshow

A última apresentação “Dump & Burn” do caça-bombardeiro F-111 da Real Força Aérea da Austrália (RAAF) em shows aéreos ocorreu hoje, durante o encerramento do Singapore Airshow 2010.

A manobra Dump & Burn dos caças F-111 da RAAF deixarão de existir, pois até o final de 2010 os caças serão aposentados.

A Austrália, a qual é a última operadora do venerável avião bombardeiro da General Dynamics, irá aposentar as aeronaves restantes no final de 2010, as quais inicialmente serão substituídas pelo caças Boeing F/A-18E/F Super Hornet.

A última apresentação incluiu a famosa demonstração dos F-111 chamada “dump and burn”, truque onde o piloto alija o combustível pela cauda e a chama do pós-combustão produz uma “língua de fogo”.

IMAGENS: Novas e belas imagens do caça PAK FA em voo divulgadas pela Sukhoi

3

Sukhoi T-50 PAK FA em voo. (Foto: Sukhoi)

Confiram as inéditas imagens do novo caça Sukhoi T-50 PAK FA divulgadas recentemente pela fabricante russa durante essa semana. O novo caça de quinta geração da Força Aérea da Rússia efetuou seu primeiro voo com sucesso no dia 29 de janeiro, conforme divulgado aqui no Cavok.

Momento da decolagem do Sukhoi T-50 durante o primeiro voo. (Foto: Sukhoi)
A aeronave PAK FA taxia após completar seu primeiro voo com sucesso. (Foto: Sukhoi)
O piloto de testes da Sukhoi Sergey Bogdan, após o primeiro voo com o T-50, cumprimenta o Diretor Geral da Sukhoi Mikhail Pogosyan. (Foto: Sukhoi)

Todas imagens estão numa resolução maior, bastando clicar nelas para baixar a imagem numa melhor qualidade.

IMAGENS: Primeiro voo do PAK FA, que segundo Putin, entrará em serviço em 2013

0
Primeira imagem divulgada do voo do protótipo T-50 da Sukhoi.

Hoje ocorreu o primeiro voo do protótipo do novo caça de quinta geração PAK FA (Sukhoi T-50) na base de Komsomolsk-on-Amur. A aeronave foi pilotada pelo piloto de testes da Sukhoi Sergey Bogdan, que permaneceu em voo por 47 minutos, retornando para pista localizada ao lado da fábrica da Sukhoi, no extremo leste da Rússia.

Uma imagem da aeronave de caça de quinta geração tirada em voo.

Segundo o Primeiro Ministro da Rússia Vladimir Putin, o primeiro lote de caças PAK FA entrará em serviço na Força Aérea Russa em 2013, com as entregas normalizadas a partir de 2015. A Rússia pretende adquirir 250 aeronaves (200 monoplaces e 50 biplaces).

“Um monte de testes ainda precisam ser feitos [para tornar o caça operacional]…tanto em termos de motores como de armamentos,” disse Putin.

Imagem do PAK FA visto de cima durante seu primeiro voo.

Desde cedo no Brasil, vários sites e blogs de aviação estão cobrindo o evento, que desde o ano passado vem sendo discutivo e que muitas vezes foi posto em dúvida quanto a verdadeira existência dessa nova aeronave.

O caça PAK FA Sukhoi T-50 visto durante o táxi antes de decolar pela primeira vez.

Muito mistério durante todo desenvolvimento do novo caça, que até então não possuia nenhuma imagem oficial e nem mesmo não oficial para poder ser visto o verdadeiro design da aeronave.

Uma das concepções artísticas mais precisas divulgadas nesse período de mistério sobre o novo caça russo.

Das várias concepções artísticas divulgadas, poucas são similares ao caça demonstrado em voo nessa manhã gelada do dia 29 de janeiro. Uma das coisas mais destacada é a cauda, com muita similaridade a do caça Northrop YF-23 que participou no processo de seleção do novo caça stealth norte americano, vencido pelo F-22 Raptor, concorrente direto no novo caça russo.

Inicialmente previsto para voar ontem, o voo teve que ser transferido para hoje devido as condições do tempo na região que não permitiram que o caça decolasse ontem na base russa.

O caça Sukhoi T-50 visto após seu primeiro voo, podendo ser visto a cauda similar a do protótipo do caça norte americando Northrop YF-23.

Desenvolvido numa parceria entre a fábrica russa Sukhoi e a indiana HAL (Hindustan Aeronautics Limited), o caça passará por um tempo de desenvolvimento. Além das 250 aeronaves que a Rússia pretende adquirir, a Índia também tem intenção de adquirir outras 250 aeronaves.

IMAGENS: Força Aérea da Suíça divulga belíssimas imagens do A380 voando sobre os Alpes Suíços

0
Airbus A380 e F/A-18 da Força Aérea Suíça sobrevoam os Alpes Suíços. (Foto: Força Aérea da Suíça)

Hoje , dia 21, a Força Aérea da Suíça divulgou belíssimas imagens do Airbus A380 voando sobre os Alpes Suíços em formação com um F/A-18. As imagens valem melhor que as palavras nesse caso.

Sem dúvida um presente para os fãs do A380, que comemorou essa semana 5 anos desde a sua apresentação oficial no dia 18 de janeiro de 2005, em Toulouse, na França.

Fotos: Força Aérea da Suíça

Novos calendários de aviação 2010. Tem para todos gostos

1
"Uma boa causa, não tem nada que esconder", slogan da campanha da VivaAerobus, do México
"Uma boa causa, não tem nada que esconder", slogan da campanha da VivaAerobus, do México

Existem no mercado diversos calendários 2010 sendo produzidos pela indústria da aviação e alguns que utilizam a aviação como cenário para as imagens.

As tripulantes da Ryanair tiraram as roupas, como mostramos aqui no Cavok, assim como as garotas da empresa de lowcost-lowfare do México, a VivaAerobus, todas em nome da caridade.

Veja a pequena amostra do making off para o calendário da VivaAerobus:

Você ainda poderá ajudar com os calendários: Help for Heroes, um órgão de caridade para os britânicos que foram gravemente feridos em conflitos, que lançou um belo calendário com garotas em trajes de banho, o Charity Beach Babe Calendar 2010; ou ainda o calendário For Our Boys, também mostrado no Cavok, que ajuda os soldados americanos feridos em combate, com 12 garotas, muitas delas esposas dos soldados, em fantasias de pinups.

Flying Legends Calendar 2010, de John M. Dibbs
Flying Legends Calendar 2010, de John M. Dibbs

Outro renomado calendário, que sempre nos presenteia com belíssimas imagens de warbirds é o Flying Legends, feito pelo fotógrafo, considerado um dos melhores do mundo na fotografia air-to-air, John M. Dibbs. Informações aqui.

Calendário 2010 da série Ghosts, com fotos de caças da Segunda Guerra Mundial
Calendário 2010 da série Ghosts, com fotos de aeronaves da Segunda Guerra Mundial

Para quem gosta de aeronaves da Segunda Guerra Mundial, um calendário indispensável é o da série Ghosts, que na sua trigésima edição apresenta, nas suas belas imagens, caças P-38, P-40, P-51, bombardeiro B-17 e outras aeronaves, sempre com ricos detalhes e com belas paisagens. Todas fotos feitas por outro expert em fotos air-to-air, Philip Makanna.

Calendário 2010 da Flight International
Calendário 2010 da Flight International

A publicação Flight International, através de seu site FlightGlobal, também lançou um calendário 2010, o “Aviation in Action”, com imagens selecionadas dos usuários que visitam e participam de seu fórum com assuntos de aviação civil e militar.

O site Cavok foi selecionado para participar do “Aviation in Action 2010” com uma imagem, no mês de setembro, através do fotógrafo Fernando Valduga.

IMAGEM DA SEMANA: Goulian Extra Fire

0
Mike Goulian faz uma passagem baixa em frente a Wall of Fire no AirVenture 2009. (Foto: Sandro Colaço | Cavok.com.br)
Mike Goulian faz uma passagem baixa em frente a Wall of Fire no AirVenture 2009. (Foto: Sandro Colaço | Cavok.com.br)

Uma imagem impressionante captada pelas lentes do fotógrafo Sandro Colaço, durante o AirVenture 2009, mostra o piloto Mike Goulian e seu Extra 330SC passando em frente a tradicional Wall of Fire, onde uma parede de fogo aparece em frente ao público. Sandro usou uma Canon EOS 50D, com lente 100-400mm (F/8, 1/640s, ISO100) para registrar o momento.

Michael (Mike) Goulian, que nasceu no dia 04 de setembro de 1968, veio de uma família de aviadores. O pai de Mike, Myron Goulian, também conhecido como “Mike”, era piloto executivo. Michael começou o seu treinamento de acrobacia em 1985 e já em 1992 era o número um no ranking da aviação de acrobacia dos EUA. Escreveu um livro: Basic and Advanced Aerobatics, e atualmente é um dos pilotos da competição Red Bull Air Race, além de se apresentar em diversos eventos aeronáuticos dos EUA. 

Para conhecer mais sobre Mike Goulian, visite o site oficial dele aqui.

O Air Venture é o maior show aéreo do mundo, onde mais de 12 mil aeronaves se encontram durante uma semana na cidade de Oshkosh, Wisconsin. O site Cavok esteve presente nos últimos 4 anos e estará acompanhando todas atrações do evento que será realizado em 2010, entre os dias 26 de julho e 1º de agosto.

Para maiores informações sobre o AirVenture: www.airventure.org , e também nas imagens no site Cavok.

Cavok nas redes sociais

62,406FãsCurtir
340Inscritos+1
6,414SeguidoresSeguir
2,505SeguidoresSeguir
10,510SeguidoresSeguir
2,780InscritosInscrever
Anúncios