Com o pedido adicional, o Japão terá uma frota de 147 caças F-35.

O Japão comprará 105 aviões furtivos F-35 fabricados nos EUA, disse o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, na segunda-feira (27/05), durante visita ao Japão. Com a compra, o Japão terá a maior frota de F-35 depois dos EUA, segundo o líder americano.

“Os Estados Unidos apóiam os esforços do Japão para melhorar suas capacidades de defesa e nos últimos meses enviamos uma grande quantidade de equipamentos militares”, disse Trump em uma entrevista coletiva, anunciando a intenção do Japão de comprar 105 aviões furtivos fabricados pela Lockheed Martin.

Um F-35A da Força de Autodefesa Aérea do Japão (JASDF) chega para pouso em Asaka, Saitama. (Foto: Kazuhiro NOGI / AFP)

A indústria de defesa dos EUA está desenvolvendo e colocando em campo uma família de aeronaves de combate de quinta geração integrando tecnologias stealth com sensores avançados e recursos de rede de computadores para a Força Aérea, Marinha e Marinha dos Estados Unidos, com oito parceiros internacionais e quatro clientes de vendas militares estrangeiras (FMS).

Até dezembro de 2018, a Lockheed Martin havia entregue 264 aeronaves de produção. Parte dos F-35 japoneses serão fabricados na unidade da Mitsubishi Heavy Industries no Japão.

O governo japonês primeiro fez um pedido para 42 F-35As em dezembro de 2011. Em dezembro de 2018 o Japão informou que adicionaria ao pedido original 63 caças F-35As e 42 F-35B.

Trump está em Tóquio para uma visita oficial.

Anúncios

10 COMENTÁRIOS

  1. Com a China tocando o terror na região, Trump vai fazer a festa. Muitos dólares vão rolar nos próximos anos a favor dos americanos.

  2. A matéria não esclareceu se eles seriam montados no Japão ou nos EUA. Se for nos EUA, toda a cadeia montada com a MHI só serviria para reparos, jogando fora grande parte do esforço japonês de assimilar ao máximo possível a cadeia logística do F-35.

    • Quer dizer que montar uma aeronave a partir de conjuntos fabricados todos fora do país é o máximo.

      Qualquer outra alternativa é só fazer manutenção?

      Não entendi seu raciocínio, explique, por favor.

      • Projetar, fabricar e montar são três atividades distintas.

        Se criou o falso conceito que montar aeronaves capacita o país a fabricar ou projetar.

        O Japão tem seu próprio projeto de caça para substituir o F2.

  3. O que um medo não faz né?
    E se for alimentado, aumentado e disseminado pela indústria militar então…
    Alguém sabe como ficou a história do F-35 japonês que caiu?

    • É como fazem as religiões, criam demónios para vender seu deuses, e quem acreditar adere.

      • Tá certo, Japão não sabe nada e não tem discernimento nenhum sobre o acontece na Ásia………….

        Demonstra tanto conhecimento sobre aviação mas quando aparece F-35……………..

Comments are closed.