Pela primeira vez, um F-35B decola a partir do HMS Queen Elizabeth no Reino Unido. (Foto: Royal Navy)

Na segunda-feira, um caça F-35B Lightning II britânico decolou do porta-aviões HMS Queen Elizabeth da Royal Navy (Marinha Real) no Reino Unido pela primeira vez, na Base Naval de Portsmouth. Mas somente decolou ontem pois tinha tido um problema a técnico anteriormente.

O HMS Queen Elizabeth atracou em Portsmouth no começo de dezembro, após uma viagem de três meses aos EUA para vários testes com caças F-35B britânicos e do Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA (USMC).

Enquanto os outros cinco F-35B usados ??para os testes voaram para casa em novembro, esta aeronave “foi transportada em segredo pelo Atlântico pela Marinha Real enquanto os reparos eram feitos”, informou o site de Portsmouth News em 16 de dezembro e foi revelado quando estava estacionado no convés do navio dias após o HMS Queen Elizabeth retornar a Portsmouth.

A Marinha Real usou o aterramento do jato para promover sua imagem pública, ignorando a falha técnica e girando a questão para se concentrar no fato de que era a primeira vez que um F-35B era lançado do convés do porta-aviões em águas britânicas

O primeiro desdobramento operacional do HMS Queen Elizabeth será em 2021, que além de jatos F-35B britânicos incluirá um desdobramento de caças F-35B do USMC.

Anúncios