O veículo aéreo Lilium Jet.

O veículo aéreo Lilium Jet totalmente elétrico completou mais um voo de teste e está programado para ser usado como táxi aéreo urbano até 2025.

A empresa de aviação Lilium está avançando com os testes de seu jato totalmente elétrico, com novas imagens e um novo vídeo sendo divulgado pela startup alemã, mostrando a aeronave fazendo alguns novos movimentos. Embora curto e não exatamente espetacular, o voo de teste marca mais um passo adiante para a empresa que pretende ter um serviço comercial de táxi aéreo em funcionamento em 2025.

Enquanto a Lilium está avaliando um táxi voador desde que saiu de uma incubadora da Agência Espacial Européia em 2016, foi apenas neste ano que sua aeronave elétrica fez seu primeiro voo. O Lilium Jet atingiu velocidades superiores a 100 km/h (62 mph) em outubro, movendo-se de uma configuração de decolagem e pouso vertical (VTOL) e para o voo horizontal.

A aeronave esportiva leve de cinco lugares é alimentada por 36 motores elétricos, cada um atuando em uma hélice com duto. Para ser mais específico, há seis em cada uma das duas asas dianteiras e doze em cada asa traseira.

No vídeo mais recente é mostrado uma série de voos de teste no início de outubro e mostra o jato decolando verticalmente para um pequeno passeio pela área de testes. Uma vez no ar, acelera até uma velocidade de 65 km/h (40 mph), sobe a uma velocidade de 300 pés (91 m) por minuto, executa uma curva em um ângulo de 20 graus, aumenta o ângulo do da curva para 30 graus, desce a 300 pés por minuto antes de outra curva inclinada e pouso vertical.

A Lilium diz que o voo de três minutos foi parte dos testes de controlabilidade projetados para ver como a aeronave se comporta durante curvas fechadas e que o desempenho foi o esperado e encerra a primeira fase de testes. O próximo foco será a transição completa para o voo horizontal, o que envolverá a mudança das asas até 0º para direcionar o fluxo de ar pelas asas. Por fim, espera-se que o jato da Lilium tenha uma velocidade de cruzeiro de até 300 km/h.

A empresa espera ter um serviço totalmente comercial operando em dois ou três lugares ao redor do mundo até 2025.

Anúncios