Mirage III da Força Aérea do Paquistão lança em voo o míssil cruzeiro Ra’ad-II.

O Paquistão realizou um teste de voo bem sucedido do seu míssil de cruzeiro lançado no ar (ALCM) Ra’ad-II, informou o ISPR (Serviço Interno de Relações Públicas) do país em comunicado nesta terça-feira.

O ALCM Ra’ad-II, com um alcance de 600 km, aprimora significativamente a capacidade de ataque estratégico lançado no ar do Paquistão para alvos em terra e no mar. O sistema de armas é equipado com avançados sistemas de orientação e navegação, garantindo o engajamento de alvos com alta precisão, de acordo com o ISPR.

O vídeo do teste de luta mostrou que o míssil foi liberado de uma aeronave, provavelmente uma aeronave de combate Mirage III da Força Aérea do Paquistão (PAF), antes de atingir um alvo pré-designado.

O teste de voo bem sucedido foi testemunhado pelo tenente-general Nadeem Zaki Manj, diretor geral da Divisão de Planos Estratégicos; Dr. Nabeel Hayat Malik, presidente do NESCOM; altos funcionários da divisão de planos estratégicos; forças estratégicas e organizações estratégicas.

O diretor da Divisão de Planos Estratégicos apreciou a capacidade técnica, a dedicação e o comprometimento de cientistas e engenheiros que contribuíram para desenvolver o sistema de armas e tornar este lançamento um sucesso. Ele também chamou de “um grande passo para complementar a capacidade de dissuasão do Paquistão”.

O Presidente, Primeiro Ministro do Paquistão, Presidente do Comitê Conjunto de Chefes de Estado-Maior e Chefes de Serviços felicitaram os cientistas e engenheiros pela realização bem-sucedida do teste de mísseis.

Ra’ad-II (na língua urdu “Trovão II”) é a variante Mark II de alcance estendido do Hatf-VIII (Ra’ad) ALCM desenvolvido pelo Complexo de Armas Aéreas do Paquistão (AWC) e pela Comissão Nacional de Engenharia e Científica (NESCOM). O míssil foi projetado para carregar ogivas convencionais ou nucleares.

O primeiro teste do míssil foi realizado em 25 de agosto de 2007 e o segundo foi realizado em 8 de maio de 2008, quando foi disparado de um caça Dassault Mirage III da Força Aérea do Paquistão (PAF). Um terceiro teste foi realizado em 29 de abril de 2011 a partir de um Mirage e o quarto em 30 de maio de 2012. Um quinto teste do míssil foi realizado em 2 de fevereiro de 2015 e o sétimo em 19 de janeiro de 2016.

Embora os testes iniciais tenham sido conduzidos a partir de um avião de combate Dassault Mirage III, há potencial para integrar esse míssil com outras plataformas da PAF, como o avião de combate multifuncional PAC JF-17 Thunder (CAC FC-1 Xiaolong).

Anúncios

1 COMENTÁRIO