Um Boeing 777 da Philippines Airlines que voava de Los Angeles para Manila teve que voltar e prosseguir para um pouso de emergência após sofrer uma falha no motor. A filmagem dramática foi feita por um passageiro e mostra fumaça e fogo disparando pelo motor direito.

O Boeing 777-300ER, prefixo RP-C7775, realizava o voo PR113 do Aeroporto Internacional de Los Angeles (LAX), Estados Unidos, para o Aeroporto Internacional de Manila (MNL), nas Filipinas. Logo após a decolagem, os passageiros testemunharam fortes pancadas e chamas saindo do motor nº2 da aeronave, no que pareciam ser um estol de compressor.

Resultado do pouso de emergência no trem de pouso principal.

A tripulação de voo declarou uma emergência e foi autorizada a pousar na pista 25L. Sem queima de combustível anterior, a aeronave pousou com segurança cerca de 12 minutos após a partida e foi recebida por uma equipe de bombeiros. 

Não foram relatados feridos entre os 342 passageiros e 18 tripulantes a bordo, que puderam desembarcar do avião usando as escadas regulares. As operações do aeroporto não foram interrompidas.

“Agradecemos imensamente a tranqüilidade e paciência de nossos passageiros do PR113, que cooperaram bem com a tripulação de cabine durante o voo e o pouso de emergência”, disse a Philippine Airlines em comunicado, acrescentando que a companhia aérea está “cooperando totalmente com o aeroporto e a autoridade em aviação em questão.”

O Boeing 777 é alimentado por dois motores GE90-115B. O fabricante de motores GE Aviation disse que estava ciente do incidente e estava “trabalhando com a companhia aérea para determinar a causa do evento e retornar imediatamente a aeronave para o serviço”.

A Administração Federal de Aviação está investigando o incidente. O incidente também foi observado do solo.

Anúncios